Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Força Tática prende dois em ação para coibir crimes

GERALDO DIAS NETTO - gnetto@jj.com.br | 17/03/2018 | 20:00

Ações da Força Tática do 49º Batalhão da Polícia Militar, com sede no bairro do Caxambu, em Jundiaí, mandaram para trás das grades um procurado da Justiça, com passagens por receptação e assassinato, e retiraram das ruas inúmeras porções de drogas já prontas para a comercialização. Um homem responsável pela venda dos narcóticos foi preso em flagrante. As detenções ocorreram em Várzea Paulista e Campo Limpo Paulista. Uma mesma equipe (sargento Loschi, cabo Rodrigues e soldados Sadocco e Pedrosa) foi a responsável pelas ações. Em Campo Limpo, os militares abordaram Genivan dos Santos Silva, de 30 anos, durante trabalhos para coibir o aumento no número de roubos no bairro do Botujuru. Em pesquisa à Divisão de Vigilância e Captura (DVC), ficou apurado que se tratava de um procurado, com mandado de prisão decretado em razão de delito de violência doméstica. A pesquisa também indicou que o abordado já registrava antecedentes criminais, sendo um deles por assassinato e outro, por receptação, o que deve tornar mais grave a situação DELE durante o julgamento do processo por violência doméstica.

Tráfico
Além do procurado, os militares conseguiram, no mesmo dia, “estourar” um ponto de tráfico (biqueira) na Vila Real, em Várzea Paulista, conhecido como “Pé de Jaca”. Na ação, foi preso Diego Cordeiro Silva, o “Coroa”, já conhecido da polícia por envolvimento com a venda de narcóticos. Segundo a PM, as drogas estavam na residência do acusado e totalizaram 270 tubetes de cocaína, 49 porções de maconha, 66 pedras de crack e 24 porções de haxixe, todos prontos para a comercialização. A detenção foi comunicada na delegacia local, onde auto de prisão em flagrante foi elaborado. Por mais um indiciamento, Coroa pode ser novamente condenado a uma pena de até 15 anos de reclusão, além do pagamento de multa, conforme prevê o artigo 33 da Lei 11.343, de 2006.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/forca-tatica-prende-dois-em-acao-para-coibir-crimes/
Desenvolvido por CIJUN