Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Garota tem alta e mãe relata drama familiar

| 03/07/2014 | 00:00

Recebeu alta médica do Hospital Universitário, de Jundiaí, na quarta-feira, a garota de 12 anos vítima de uma brutal agressão cometida pelo próprio tio, Tancredo Nakassu Junior, 33, autor ainda da morte do sobrinho de 2 anos, no último dia 19, na casa da família, em Jarinu. A reportagem do Jornal de Jundiaí Regional conversou com a mãe das crianças. Irmã do acusado, ela contou um pouco sobre drama experimentado pela família, que tenta agora recomeçar a vida.

Tancredo foi preso terça-feira pela Polícia Militar. Com mandado de prisão temporária decretado pela Justiça, por cinco dias, ele foi capturado em São Bernardo do Campo, após uma força-tarefa criada para prendê-lo, e confessou os crimes. Ele permanece preso no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista e teve a prisão preventiva pedida pelo delegado Matheus de Campos Pinheiro, titular de Jarinu.

De acordo com o pai das crianças, apenas na terça sua filha foi informada da morte do irmão. “Ela chorou bastante”, comentou o rapaz, de 27 anos, também à reportagem do JJ, quarta à tarde. Ao serem retirados os aparelhos de respiração artificial, alguns dias após as agressões, “como está meu irmãozinho” foram as primeiras palavras ditas pela garota à mãe, que acabou dizendo que ele estava bem para não agravar o estado de saúde considerado crítico da filha na ocasião.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/garota-tem-alta-e-mae-relata-drama-familiar/
Desenvolvido por CIJUN