Polícia

GM apreende pássaros em cativeiro e dono é multado pela PM Ambiental em R$ 282 mil

T_gaiola2
Crédito: Reprodução/Internet
Pelo menos 80 pássaros silvestres, que eram mantidos em cativeiro em 100 gaiolas, foram apreendidos pela Guarda Municipal de Jundiaí na manhã desta quinta-feira (6), em uma casa no Jardim Santa Gertrudes, em Jundiaí. A Polícia Militar Ambiental foi acionada e multou o proprietário, de 45 anos, em R$ 282 mil. Os pássaros foram levados para a Associação Mata Ciliar. A apreensão só foi possível graças a uma denúncia feita por um enfermeiro do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A multa aplicada foi através de medidas administrativas com relação a manutenção da fauna nativa silvestre e exótica, em ocorrência de maus-tratos e cativeiro de aves silvestres. A operação movimentou cinco viaturas do patrulhamento da Divisão Florestal da GM, duas pickups da corporação usadas para transportá-los até a Mata Ciliar e o efetivo de apoio da PM Ambiental. A descoberta O Centro de Operações Táticas da GMJ (COT), através do GM Jorge Luíz, recebeu uma denúncia de um enfermeiro do Samu que, durante um atendimento nas proximidades, estranhou a existência de grande quantidade de gaiolas e aves aparentemente maltratadas. Os guardas Ramalho e Paulo César, acompanhados pelos inspetores Adilson Marestoni e Lacerda Petrachin, foram designados para averiguação e encontraram os pássaros em gaiolas em um corredor e alguns cômodos da residência. Foram contabilizadas 76 pássaros, dentre eles canários, calopsitas, papagaios e trinca-ferros, além de muitas gaiolas vazias. O proprietário da residência disse que era apenas um hobby manter os pássaros dentro de casa. Os pássaros foram socorridos à Mata Ciliar. “Eles permanecerão em quarentena e nesse período acompanharemos a evolução de cada um”, disse a veterinária Débora Rodrigues. Os PMs que participaram da ocorrência são: cabo Ricardo e soldados Alves e Alex, comandados pelo capital Hirano, 1º tenente Bravo e subtenente Biffarate.

Notícias relevantes: