Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

GM é investigado por agressão a aluno de 14 anos em escola de Jundiaí

Fábio Estevam | 15/11/2019 | 12:45

Um guarda municipal de Jundiaí está sendo investigado pela Polícia Civil por agredir um aluno de 14 anos em uma escola no Jardim Novo Horizonte, em Jundiaí. A denúncia foi feita à polícia na noite de anteontem (13) por uma curadora da unidade escolar, informada da agressão pelo coordenador da escola, que disse ter presenciado o tapa na cabeça do garoto, dado pelo GM. O caso será investigado também pela Corregedoria da Guarda.

A agressão, segundo relatos registrados pelo coordenador no Boletim de Ocorrência, ocorreu na terça-feira (12). Os GMs estavam na escola acompanhando desdobramentos de uma ocorrência envolvendo quatro alunos, um deles o adolescente agredido. No caso, três jovens estavam em um ônibus, na segunda-feira (11), quando um quarto garoto (posteriormente qualificado como vítima) entrou no coletivo, após o término das aulas. Esse último jovem a entrar fez uma brincadeira com dois dos três que já estavam no ônibus, que os desagradou.

Estes, então, passaram a ‘brincar’ com o jovem que fez a brincadeira, tentando tirar-lhe o shorts e os calçados. O outro adolescente (esse o agredido pelo GM), que até então não estava envolvido, tentou tirar o cordão da blusa do rapaz, que começou a chorar, fazendo com que cessassem as brincadeiras.

No dia seguinte, terça-feira, o pai do garoto que fez a primeira brincadeira (vítima), mas que acabou chorando ao brincarem com ele, foi na escola tirar satisfação.
Ele visualizou o rapaz que havia tirado o cordão da blusa do seu filho e o abordou, segurando-o pela mochila e questionando: “Você que é o malandro que gosta de bater no filho dos outros?”

Após isso, o garoto foi para a sala de aula e, logo depois, foi chamado na diretoria para esclarecimentos, já que o pai da vítima havia feito uma reclamação de constrangimento a seu filho.

Lá já estavam pai e filho, além dos dois outros garotos (que tentaram tirar o shorts da vítima), além do coordenador da escola e dois Guardas Municipais.

Na sala da diretora foi perguntado aos três garotos o motivo de terem ‘batido’ na vítima. Na sequência, segundo o coordenador, um dos guardas deu um tapa na cabeça do adolescente. Ela informou à curadora da escola, que procurou a Polícia.

O comandante da Guarda, Benedito Marcos Moreno, disse que já está ciente do caso e que está encaminhando para a Corregedoria da corporação para que haja uma investigação.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/gm-e-investigado-por-agressao-a-aluno-de-14-anos-em-escola-de-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN