Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

GM feminina que teve carro atacado recebe medida protetiva contra empresário

Fábio Estevam | 25/03/2020 | 16:24

A juíza Jane Rute Naline Anderson, da 3º Vara Criminal do Fórum de Jundiaí, concedeu nesta semana medida protetiva de urgência à guarda municipal de Jundiaí que teve o carro atacado por dois criminosos no último dia 14, no bairro Eloy Chaves. A media é contra um famoso empresário e liderança política da cidade, já que ele é considerado suspeito de ser o mandante deste e de outros dois ataques sofridos por ela anteriormente. Em um deles, no Centro da cidade, ela foi violentamente agredida por dois homens, depois de eles fazerem com que ela parasse o carro na rua.

Segundo apurou a reportagem, o suspeito, que tem 73 anos e já teve um caso amoroso com a vítima há cerca de um ano, ainda não foi cientificado da medida, já que não está sendo encontrado por oficiais de justiça em mais de um endereço identificado como sendo de sua moradia.

A vítima havia requerido a medida por medo de represália após ele ser considerado suspeito.

O caso

No dia do ataque ela estava com um colega de trabalho almoçando em um restaurante na avenida Benedicto Castilho de Andrade, quando eles ouviram barulho na rua. Ao saírem, presenciaram dois homens quebrando todos os vidros do carro e fazendo vários furos na lataria utilizando um machado. Um deles partiu para cima do GM que estava com ela, utilizando o machado, e acabou baleado na perna.

Ele acabou sendo preso em flagrante e teve a prisão convertida em preventiva durante a audiência de custódia. Identificado como sendo um ex-policial militar, acabou sendo levado para uma prisão temporária, já que havia sido expulso da corporação anos atrás por conduta criminosa. Já o comparsa conseguiu fugir e está sendo procurado pela Polícia Civil.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/gm-feminina-que-teve-carro-atacado-recebe-medida-protetiva-contra-empresario/
Desenvolvido por CIJUN