Polícia

GM fica ferido em briga de estudantes


Escola Padre Maurílio Tomanik virou barril de pólvora e assusta professores
Crédito: Reprodução/Internet
Um guarda municipal de Jundiaí, da Ronda Escolar, ficou ferido ontem com uma pedrada arremessada por alunos da Escola Estadual Padre Maurílio Tomanik, localizada na rua Alceu de Toledo Pontes, no Parque Cecap. O agente tentava conter uma briga de alunos, quando os estudantes passaram a arremessar pedras contra a equipe. Outros guardas precisaram ser chamados. Pelo menos quatro alunos foram detidos. Um deles estava com uma porção de maconha. Ainda ontem, mais de 10 professores da instituição de ensino estiveram no 2º DP, no Parque da Represa, explicou o delegado Orli de Moraes, titular da unidade. Segundo ele, o grupo registrou um boletim de ocorrência de ameaça, uma vez que estudantes teriam prometido atacar os docentes para “controlar” a escola. O 2º DP irá agora apurar os responsáveis tanto pelo ferimento do guarda como pela confusão entre os alunos, que estariam divididos em dois grupos rivais. Já os professores, assustados, não devem voltar a dar aula até a próxima segunda-feira. [caption id="attachment_20215" align="aligncenter" width="654"]Escola Padre Maurílio Tomanik virou barril de pólvora e assusta professores Escola Padre Maurílio Tomanik virou barril de pólvora e assusta professores[/caption]

Notícias relevantes: