Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

GM tem carro furtado e presos são suspeitos de usarem crianças para cometerem crimes

Fábio Estevam | 16/12/2019 | 18:49

A Polícia Civil investiga se um homem e uma mulher, moradores em Campo Limpo Paulista e Várzea Paulista, respectivamente, usam os dois filhos dela, ainda crianças (um deles recém nascido), para praticarem furtos de carros em Jundiaí e região. Ambos foram presos na tarde de hoje (16) depois que o carro de uma guarda municipal foi furtado de frente de sua casa, na Vila Municipal, em Jundiaí.

A vítima, guarda municipal de Jundiaí, estava em sua casa quando recebeu visita de uma amiga, também GM da cidade. Ao estranhar não ver o carro da amiga, nem na garagem e nem na rua, a questionou. A vítima disse então que havia estacionado em frente sua casa, e que então havia sido furtado. Ambas entraram no carro da amiga e saíram pelas ruas, na tentativa de encontrar o veículo. Quando estavam em frente ao Sesão, na avenida Antônio Segre, avistaram o carro dela parado no semáforo e com uma mulher no volante. Armadas elas abordaram a motorista.

Ela, que estava com um bebê junto dela, contou que havia acabado de pegar o carro com um desconhecido, que teve contato instantes antes após anúncio de venda daquele carro (o da guarda municipal), em um site de vendas. Disse ainda, que estava realizando um testdrive, e que seu outro filho estava com o suposto “vendedor” em seu carro. “Estranhamente o carro da nossa amiga guarda, que estava com ela, tinha uma chave micha no contato. E mais estranho ainda, é o fato de ela ter deixado o filho com um homem que ela diz ser desconhecido”, comentou o GM Daniel, do Apoio Tático, uma das viaturas que apoiaram a ocorrência.

A averiguada passou o número da placa do seu carro – que estava com o suposto vendedor -, que foi jogado no sistema OCR de leitura de placas. Rapidamente os GMs André e R.Oliveira, do Apoio Tático com Motos, localizaram o suspeito com o filho da mulher, no carro dela, próximo ao bairro Jundiaí Mirim. Ele, no primeiro momento, teria confessado o furto – não se sabia o teor do depoimento dele até o fechamento desta matéria. “O que é mais chato, é a suspeita de estarem usando crianças para esse tipo de crime, porque a princípio, eles colocavam as crianças na frente, com os vidros abertos, para não levantarem suspeitas e impedirem abordagens”, comentou André. Tudo, porém, ainda será investigado pelos investigadores do 7º DP, onde a ocorrência está sendo registrada como flagrante de furto.

Ambos prestam depoimento neste momento na delegacia.

Mais informações a qualquer momento.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/gm-tem-carro-furtado-e-presos-sao-suspeitos-de-usarem-criancas-para-cometerem-crimes/
Desenvolvido por CIJUN