Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

GMs de Jundiaí são presos suspeitos de corrupção

Da Redação | 30/11/2019 | 18:24

Três guardas municipais Jundiaí foram presos em flagrante na madrugada de ontem suspeitos de peculato, depois de serem denunciados por um morador do Jardim São Camilo por terem supostamente recebido R$ 700, pagos pela tia dele, em uma ocorrência de tráfico de drogas em que ele foi preso – ele já tinha passagem pelo mesmo tipo de crime quando era adolescente. A prisão dos GMs foi pedida pela delegada Milena Fernandes Galhardo. A própria GM, aliás, segundo a corporação, deu voz de prisão aos Guardas denunciados.

Segundo apurou a reportagem, apesar da prisão em flagrante, o GPS da viatura teria mostrado que os GMs estavam na Vila Nambi na hora em que o traficante apontou como sendo o momento da corrupção dos agentes públicos. Por outro lado, a Corregedoria da GM teria encontrado R$ 650 atrás do banco, no chão da viatura. A Polícia Civil vai investigar o caso.

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Prefeitura informou: “sobre a prisão por peculato (corrupção de agente público) de três guardas municipais, ocorrida na noite desta sexta-feira (29), a Corporação da Guarda Municipal de Jundiaí esclarece, em primeiro lugar, que foi ela mesma que deu voz de prisão aos envolvidos. A GMJ também reitera que vai instaurar inquérito administrativo. Um procedimento disciplinar pode resultar na exoneração dos envolvidos da Corporação.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/gms-de-jundiai-sao-presos-suspeitos-de-corrupcao-e-serao-investigados/
Desenvolvido por CIJUN