Polícia

Golpistas sacam valor do Auxílio-Emergencial e deixam idosa sem remédios

auxílio 2
Crédito: Reprodução/Internet
Uma costureira de 60 anos teve a primeira parcela de seu Auxílio-Emergencial, de R$ 600, sacado por golpistas. Moradora no Jardim Itália, em Várzea Paulista, a vítima descobriu que havia sido lesada quando foi ao banco nesta semana para sacar o dinheiro, que usaria para comprar medicamentos para controle da diabetes. De acordo com ela, em registro de Boletim de Ocorrência, pelo cronograma do Governo ela teria direito a sacar o dinheiro nesta semana. Com apoio do filho, tentou confirmar se o valor estava creditado em sua conta através de um aplicativo indicado pelo Governo. Segundo o filho da vítima, que conversou com a reportagem, mas preferiu não se identificar, a mãe ficou decepcionada ao saber que havia sido vítima de criminosos. "Como não conseguimos usar esse aplicativo baixado, fui com ela até o banco, quando a atendente nos informou que esse dinheiro já havia sido sacado. Ficamos tristes, pois ela é diabética e usaria esse dinheiro para comprar insulina e outros medicamentos", lamentou. "Ela é costureira e trabalha há muitos anos fazendo pequenos consertos para ganhar a vida". O caso da idosa será investigado pela Polícia Civil, assim como de outras vítimas que estão registrando Boletins de Ocorrência pelo mesmo motivo.  

Notícias relevantes: