Polícia

Homem agride mulher em centro de umbanda e diz que estava "tomado por uma entidade"


briga
Crédito: Reprodução/Internet
Um jovem de 23 nos provocou uma confusão e agrediu uma mulher de 51 anos, no Parque Internacional, em Campo Limpo Paulista, dizendo ter sido possuído por uma entidade. A agressão aconteceu na casa dele, onde funciona um centro de umbanda. O caso aconteceu no final de semana. Um jovem parou uma viatura da Guarda Municipal na rua, alegando que sua mãe havia sido esfaqueada por um rapaz. Os GMs CD Adelmo e Da Silva o orientaram a levar a mãe até o hospital e detiveram o suspeito. Ele contou que como em sua casa funciona o centro de umbanda, ele foi influenciado. "Fui tomado por uma entidade". Por esse motivo ele informou que não se recorda o que disse à vítima, que motivou uma discussão. Ela então, revoltada, arremessou uma xícara contra ele, mas sem lhe causar lesão. Ele devolveu a agressão arremessando também uma xícara, acertando o rosto e causando uma perfuração. Ela, após ser atendida no hospital, contou aos policiais que são amigos e que haviam bebido vinho em sua casa. Depois foram para a casa dele, onde funciona o centro de umbanda, e passaram a discutir. Ela foi orientada quanto ao prazo de 6 meses para processar o autor.

Notícias relevantes: