Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Homem confessa estupro de mulher em Louveira

| 21/10/2014 | 15:00

Foi capturado na manhã desta segunda-feira (20) o homem acusado de estuprar uma auxiliar administrativa de 40 anos e espancar o marido dela, um arquiteto de 37, durante assalto à residência do casal, em Louveira, no último dia 12. Manoel Simões Garrido Neto, 26, estava com a prisão temporária, pelo prazo de 30 dias, decretada pela Justiça.

Além do crime de estupro, confirmado à reportagem do Jornal de Jundiaí Regional  e em depoimento à Polícia Civil na tarde desta segunda-feira, ele foi indiciado por roubo e tentativa de latrocínio (roubo seguido de morte), uma vez que as agressões praticadas contra o marido da moradora, que tentou impedir o abuso sexual da mulher, resultaram em ferimentos graves, principalmente na cabeça do arquiteto, que continua internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital de Jundiaí.

Manoel foi localizado por policiais militares da Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas) do 11º Batalhão. Ele pilotava uma motocicleta quando foi abordado na altura do km 61 da rodovia dom Gabriel Paulino Bueno Couto (estrada que liga Jundiaí a Itu), após breve acompanhamento. De acordo com o cabo Reis, que coordenou os soldados Junior e Quirino na ação, a equipe fazia patrulhamento na avenida Jundiaí e desconfiou de uma moto que passou na rodovia Anhanguera, a poucos metros de distância de onde os policiais estavam. Seu condutor foi perseguido e, ao ser abordado na rodovia dom Gabriel, apresentou documento falso.

Além de ser identificado pelos PMs, Manoel teve o reconhecimento formal feito pelo policial civil Poli, chefe do setor de investigações de Louveira, responsável pela elucidação do caso. Ainda nesta segunda-feira, ele, que é apontado ainda com autor de um roubo à casa de um guarda municipal de Louveira, foi recolhido no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde deve cumprir a medida judicial pelos próximos 30 dias.

Violência – Após invadirem o imóvel, dois bandidos renderam o casal e o ameaçaram, dizendo se tratar de um assalto. Um deles resolveu estuprar a moradora e contou o que pretendia ao comparsa. Ao tentar impedir que isso acontecesse, o arquiteto começou a ser violentamente agredido. Teve início, então, ao abuso contra a moradora, no hall da casa. Ela foi levada em seguida a um dos quartos, onde o estupro continuou. Na casa, estava ainda a filha de cinco anos do casal, que não chegou a ser atacada.

A dupla abandonou no imóvel dois capacetes, que foram apreendidos, e fugiu levando R$ 50 em dinheiro e uma bolsa com dois aparelhos celulares. A pedido da polícia, o JJ publicou uma foto dos objetos, na tentativa de que informações pudessem ajudar a identificar mais rapidamente os criminosos. Pela gravidade dos delitos cometidos, diligências foram intensificadas em toda a cidade, além de municípios vizinhos.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/homem-confessa-estupro-de-mulher-em-louveira/
Desenvolvido por CIJUN