Polícia

Homem não aceita o fim do namoro e bate na ex-namorada em Jundiaí

ciumes 1
Crédito: Reprodução/Internet
Um homem foi preso por guardas municipais do Apoio Tático na tarde de hoje (8) depois de ele perseguir e agredir a ex-namorada próximo ao local de trabalho dela, no bairro Torres de São José, em Jundiaí. Ele se aproveitou do fim do período de uma medida protetiva em favor dela, contra ele, concedida pela Justiça cerca de um ano atrás, para se aproximar e praticar as agressões. Segundo ela, as agressões ocorreram porque ele não aceita o fim do relacionamento. Populares que presenciaram as agressões telefonaram para a GM, que encaminhou a equipe com os guardas Ederson, Marassato, Furlan e Juliana. Os dois foram abordados ainda na rua e ele negou que tivesse agredido a ex-namorada. Ela, porém, encorajada pela presença dos guardas, denunciou que havia acabado de apanhar e mostrou escoriações pelo corpo. A vítima relatou que estava a caminho do trabalho quando foi abordada por ele. E disse ainda que vem sendo ameaçada há vários dias, além de não ser a primeira vez que é agredida. Há aproximadamente de um ano ele foi preso por ter tê-la sequestrado, o que gerou a medida protetiva. O agressor acabou ficando preso por cerca de quatro meses e deixou a prisão há seis. Diante dos fatos os GMs deram voz de prisão ao agressor e o conduziram à Delegacia de Defesa da Mulher, onde a delegada Renata Yumi Ono ratificou a voz de prisão nos artigos da Lei Maria da Penha violência Doméstica, ameaça e lesão corporal. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista, onde aguardará até amanhã cedo, quando será apresentado no Fórum de Jundiaí para audiência de custódia.

Notícias relevantes: