Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Homem que matou pedreiro em churrasco nesta madrugada é preso pela DIG

Fábio Estevam | 10/10/2019 | 14:53

Já está preso e sendo indiciado neste momento por homicídio, na DIG (Delegacia de Investigações Gerais) o homem que matou um pedreiro com uma facada durante um churrasco na madrugada de hoje (10), em uma casa onde viviam juntos com outros três homens, um deles pai da vítima, na avenida Alberto Rodrigues de Oliveira no Jardim Horto Florestal.

Investigadores da equipe Apolo 2 (formada pelos policiais Ricardo, Eduardo e Adilson) estiveram na casa dos parentes da até então, suspeito, em Francisco Morato, diligenciado para encontrá-lo. A família fez contato com ele por telefone, e ele aceitou se entregar. Disse onde estava e os policiais o buscaram.

Na delegacia o autor do crime (que está depondo neste momento) contou que matou o colega de trabalho porque ele (vítima) quis tirar satisfação sobre uma briga que o autor teve com o pai da vítima um dia antes.

Ele também levou os policiais até o local onde escondeu a faca usada no crime, a mesma utilizada durante o churrasco.

O caso

Os cinco moradores da casa, todos pedreiros, se reuniram na noite de ontem para assistir a uma partida de futebol na televisão. E decidiram fazer um churrasco. por volta da meia-noite o pai da vítima foi dormir. Quando era por volta das 2h30 escutou barulho alto da TV ligada e foi ver se os colegas ainda assistiam televisão. Foi quando encontrou o filho caído e já morto. Nos outros quartos os outros colegas já estavam dormindo. Apenas um deles não se encontrava na casa, justamente o autor do homicídio.

Policiais militares e também da DIG (com o policial Ricardo) foram para o local, bem como a equipe de polícia científica. Ricardo começou as apurações ali mesmo, o que ajudou com que em poucas horas depois o autor pudesse se preso.

 

Mais informações a qualquer momento


Leia mais sobre | | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/policia/homem-que-matou-pedreiro-em-churrasco-nesta-madrugada-e-preso-pela-dig/
Desenvolvido por CIJUN