Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jovem baleada no rosto nesta madrugada passa por cirurgia

Fábio Estevam | 07/03/2020 | 16:16

A jovem de 20 anos que levou um tiro no rosto na madrugada deste sábado no Jardim Tarumã, em Jundiaí, passou por cirurgia nesta tarde no Hospital São Vicente. O estado de saúde dela ainda é crítico, segundo informou a assessoria do HSV. Já a irmã, de 16 anos, que foi baleada na nuca, teve o quadro clínico estabilizado, o estado é estável e ela permanece entubada sem previsão de alta. O crime está sendo investigado pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), que tenta descobrir quem foi o autor dos disparos, bem como o motivo.

A reportagem apurou que o ex-namorado de uma das vítimas é um possível suspeito do crime. Ele estaria tentando reatar o namoro, que ela se recusava. Outra linha de investigação seria de que elas foram baleadas após uma discussão por causa de um acidente de trânsito, já que o carro em que elas estavam tinha danos na traseira, aparentemente recentes. As imagens de monitoramento de comércios locais devem ser requisitadas pelos investigadores.

Ainda segundo informações apuradas pelo JJ, elas teriam acabado de sair de um baile funk que estava sendo realizado na rua Idalina Gonçalves Dias, (antiga rua Bolívia), evento que começou por volta das 2h30, logo após um grande número de viaturas da Polícia Militar e GM deixarem o local – eles estiveram em operação para impedir a realização do evento, o que funcionou até às 2h, quando foram embora.

O caso
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado por populares para socorrer as vítimas, que haviam acabado de ser baleadas na rua Espírito Santo. A Guarda Municipal também foi acionada e compareceu com os GM Estella e Guilherme. Os primeiros socorros à vítima de 20 anos foram feitos na calçada, em frente a uma igreja. Já a irmã foi atendida emergencialmente dentro do carro, que estava com bancos e assoalho todo ensanguentado.

O veículo estava com os vidros dianteiros estilhaçados. Segundo informações do Boletim de Ocorrência, não havia testemunhas do crime no local. A delegada do Plantão Policial Renata Yumi Ono foi até o local e requisitou perícia, bem como os serviços da DIG. Investigadores deram inicio imediatamente às investigações, encontrando uma cápsula deflagrada na calçada, que passará por exame de balística, e uma marca de tiro no portão da igreja.


Leia mais sobre |
Link original: https://www.jj.com.br/policia/jovem-baleada-no-rosto-nesta-madrugada-passa-por-cirurgia-neste-momento/
Desenvolvido por CIJUN