Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Jundiaí registra aumento de 60% em casos de estupro

VINICIUS SCARTON | 28/12/2018 | 05:05

[TEXTO]Os casos de estupro em Jundiaí tiveram um aumento de 60% em 2018. A estatística é da Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo e foi divulgada no dia 21 de dezembro, referente aos meses de janeiro a novembro. No ano passado foram registradas 60 ocorrências neste mesmo período, passando para 88 em 2018.  Chama a atenção o aumento de casos envolvendo vulneráveis (menores de idade), passando de 41 registros em 2017 para 60 em 2018, o que corresponde a um aumento de 46%.

As ocorrências de roubo de cargas também cresceram este ano. O levantamento aponta um aumento de 17%. Em 2017, a SSP contabilizou 102 casos e, em 2018, 120 ocorrências. Neste ano, os meses que mais contabilizaram roubos de cargas foram junho e outubro, com 19 e 15 casos, respectivamente. Sobre furtos de veículos, a SSP aponta um pequeno aumento de 0,3% em 2018, em relação ao mesmo período de 2017. No ano passado foram 594 casos e, neste ano, 596.

REDUÇÕES
Entre as estatísticas da SSP, casos de roubo de veículos, número de vítimas em homicídio doloso (incluindo por acidente de trânsito) e roubos em geral tiveram reduções em Jundiaí. Os casos de roubo de veículos passaram de 322 em 2017, para 319, o que corresponde a uma queda de 0,9%. O número de vítimas em homicídio doloso (incluindo acidente por trânsito) contabilizou uma redução de 35%, tendo em vista que, no ano passado, a SSP registrou 14 casos e, em 2018, 9 ocorrências neste sentido.

Por fim, os casos de roubos em geral tiveram uma queda considerável este ano, em relação ao mesmo período do ano passado. De acordo com as estatísticas, no ano anterior foram contabilizadas 1.546 ocorrências deste tipo de delito em Jundiaí. Já em 2018, 1.012. Ao longo deste ano, o mês que registrou a maior quantidade de roubos em geral foi setembro, com 105 ocorrências.

VIOLENCIA SEXUAL ABUSO SEXUAL ESTUPRO


Link original: https://www.jj.com.br/policia/jundiai-registra-aumento-de-60-em-casos-de-estupro/
Desenvolvido por CIJUN