Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Motociclista, empresário de Campo Limpo morre após bater em caminhão

GERALDO DIAS NETTO - gnetto@jj.com.br | 21/03/2018 | 22:04

O empresário Francisco dos Santos Meira, de 54 anos, morreu na manhã de ontem em acidente na rodovia Edgar Máximo Zambotto, em Campo Limpo Paulista. Ele pilotava uma motocicleta e se envolveu em colisão com caminhão que seguia em sentido contrário. As causas do acidente ainda são desconhecidas pela polícia, que registrou um boletim de ocorrência de homicídio culposo (sem intenção) na direção de veículo. Meira morava no Jardim Europa, em Campo Limpo Paulista, e pilotava uma Honda CG, de 150 cilindradas, quando se envolveu no acidente. O motorista do caminhão nada sofreu. Morador em Santa Catarina, ele dirigia um Mercedes Benz ano 2014, que tracionava um reboque com placas do município onde ele reside, Aurora.

Vítimas
Outro motociclista já havia perdido a vida em Jundiaí no último dia 14. O acidente ocorreu no bairro em que ele morava, no Jardim Novo Horizonte, e envolveu um ônibus, sob o qual ele parou após bater em uma caçamba. Cleiton Esteves Ferraz da Rosa tinha 23 anos e era natural de Ivaiporã, no Paraná. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital de Caridade São Vicente de Paulo, mas não resistiu aos ferimentos. Já entre os dias 10 e 12 deste mês, três pessoas perderam a vida em Jundiaí e Jarinu. Uma delas, de 44 anos, dirigia um caminhão carregado com sucata, quando bateu em um poste de radar na rodovia Dom Pedro, em Jarinu. Segundo o investigador-chefe Luis Roberto Gomes, o Luisão, o choque do veículo contra a estrutura fez com que a carga atingisse a cabine, matando o motorista esmagado. Ele foi identificado como Kleber Rodrigues, morador na Vila Regente Feijó, em São Paulo.

Já em Jundiaí, uma das vítimas, de 35 anos e identificada como Leandro Leite dos Santos, pilotava uma Honda CB 300, quando se envolveu em colisão na avenida 14 de Dezembro com um Chevrolet Captiva, de cor escura, cujo motorista fugiu sem prestar socorro. Santos foi arremessado contra dois mastros de sinalização, enquanto o motorista do carro deixou o local. O óbito foi verificado ainda no local por um médico do Samu. O outro acidente vitimou uma pedestre de 44 anos, que tentou atravessar o km 49 da rodovia dos Bandeirantes, na região da Serra do Japi. Vani Conceição dos Santos foi atingida por um veículo Polo guiado por uma comerciante de 25 anos. Ambas são moradoras em Jundiaí. Segundo relato de policiais acionados para o atendimento da ocorrência, a motorista do carro também se feriu, uma vez que, após atropelar a pedestre, capotou o carro e foi parar em uma área de mata. Já Vani não teve chance de socorro. Segundo relato da motorista, que precisou ser levada ao hospital, a pedestre tentou atravessar a pista em local proibido, além de não ter prestado atenção ao cruzar a pista.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/motociclista-empresario-de-campo-limpo-morre-apos-bater-em-caminhao/
Desenvolvido por CIJUN