Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Mulher de acusado de matar zelador é solta

| 04/06/2014 | 11:32

A advogada Ieda Martins, de 42 anos, mulher do publicitário acusado da morte do zelador Jezi Lopes de Souza, de 63 anos, foi solta na noite desta terça-feira (03). De acordo com a Polícia Civil, a justiça determinou a revogação da prisão temporária decretada na segunda-feira, 02.

Na terça-feira, o advogado de Ieda, Roberto Guastelli, afirmou que ela estaria trabalhando no momento em que Eduardo Martins, de 47 anos, assassinou o zelador. “Ela não sabia do crime brutal que o marido cometeu”, argumentou Guastelli.

As imagens do condomínio mostram Ieda ajudando a levar a mala que continha o corpo do zelador no veículo Logan. Ainda de acordo com a defesa, ela já separava roupas e calçados há algum tempo para doar, e pensou que se tratasse dos objetos. “Ele pegou a parte mais pesada, nas rodinhas, ela só ajudou”, disse o advogado.

Às 15h, Martins teria levado o filho para uma aula de reforço e retornado para casa, quando cometeu o crime e ligou para a mulher em seguida. Ieda, segundo o advogado, chegou às 17h, notou que o marido estava melhor, saiu para comprar pão e produtos escolares para o filho e só depois ajudou a carregar a mala. As imagens de Ieda saindo não foram divulgadas, mas Guastelli afirmou que as pediu.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/mulher-de-acusado-de-matar-zelador-e-solta/
Desenvolvido por CIJUN