Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Mulher é estuprada durante roubo e marido, espancado

| 13/10/2014 | 22:53

Um arquiteto de 37 anos sofreu traumatismo craniano ao tentar impedir que sua esposa fosse estuprada por criminosos que invadiram sua residência, em Louveira, por volta das 22h de domingo (12). O homem permanece internado em coma, segundo a polícia, que tenta agora identificar os invasores por dois capacetes deixados por eles no local. Além de receber diversos golpes na cabeça, o morador não conseguiu evitar que a companheira, de 40 anos, fosse violentada por um dos bandidos.

De acordo com o policial Poli, chefe do setor de investigações de Louveira, a filha do casal, de cinco anos, estava no imóvel no momento da invasão dos bandidos, mas não chegou a sofrer agressões físicas. Uma faca, fragmento de impressão digital, fios de cabeço e uma amostra de sangue encontrada no muro da residência foram recolhidos por peritos do Instituto de Criminalística (IC) para serem analisados.

Ainda segundo Poli, os criminosos entraram pela janela da cozinha, após arrombá-la. No interior, renderam o casal, a quem ameaçaram com arma de fogo, dizendo se tratar de um assalto. Em determinado momento, um deles teria dito ao comparsa que iria estuprar a esposa do arquiteto. Ao tentar impedir que isso acontecesse, o morador passou a ser violentamente agredido, inclusive recebendo diversos golpes na cabeça. Na sequência, informou o policial, a esposa do arquiteto foi agarrada pelo criminoso, que deu início ao abuso ainda no hall do imóvel. Depois, levou a mulher para um dos quartos, continuando por algum tempo com a agressão sexual.

De acordo com Poli, policiais militares foram acionados após a fuga dos invasores e conversaram com a moradora. Desesperada, ela informou o que tinha acontecido, sendo levada com o marido ao hospital para ser medicada. Devido à gravidade dos ferimentos, o arquiteto teve de ser transferido ao Hospital Sobam, em Jundiaí, onde permanece internado.

Capacete – Segundo Poli, é provável que a dupla estivesse utilizando uma motocicleta quando chegou ao imóvel, uma vez que dois capacetes foram abandonados na casa. Os objetos, das marcas Helt e  Pells, foram apreendidos e servirão ao setor de investigações como uma pista na tentativa de identificar os criminosos.

O investigador de Louveira pede que qualquer informação que possa levar aos donos dos capacetes seja comunicada à delegacia. Não é preciso se identificar.  O telefone da unidade, que está localizada na avenida José Nicolau Estabile, 375, é o (19) 3848-1151.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí desta terça-feira (14) ou faça uma assinatura digital.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/mulher-e-estuprada-durante-roubo-e-marido-espancado/

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido por CIJUN