Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

No “bloco da bandidagem”, furtos, roubos, tráfico e balas de borracha

Fábio Estevam | 17/02/2020 | 20:38

O Carnaval em Jundiaí foi bastante agitado neste primeiro final de semana de folia. Tráfico de drogas, furtos, roubos, agressões e até disparos de balas de borracha foram algumas das ocorrências registradas no Plantão Policial.

De acordo com dados do Centro Integrado de Comando e Controle de Jundiaí (CICCJ) durante todo o final de semana foram registradas 22 ocorrências, sendo 13 delas envolvendo adolescentes. Participam da CICCJ representantes das Unidades de Gestão da Prefeitura, das Forças de Segurança e do Poder Judiciário.

Entre os registros, apreensão de drogas feita pela Guarda Municipal e de um simulacro de revólver calibre 38 , pela Polícia Militar. Outra ocorrência foi a prisão de um casal que iria traficar lança-perfume. Os GMs Francisco e Zarantonello patrulhavam pela avenida União dos Ferroviários já com vistas para situações de delito em função do Carnaval.

Ao passar pela viatura o casal despertou suspeita ao demonstrar nervosismo e foi abordado. Com a jovem, de 18 anos, havia uma sacola com 15 fracos de lança-perfume já prontos para a comercialização. O homem, um analista de 23 anos, contou no momento da abordagem que venderia cada frasco durante o desfile de um bloco de carnaval naquela noite a R$ 10.

Quando estavam no Plantão Policial para apresentação da ocorrência o rapaz, segundo o BO, voltou atrás nas declarações e disse que seriam para consumo próprio com um grupo de amigos. Neste momento os amigos apareceram na delegacia pedindo as chaves da casa do analista, alegando que queriam pernoitar no local. Com autorização dele e apoio de outra equipe da GM, a casa foi vistoriada também onde foram localizados cerca de 80 fracos vazios para acondicionamento da droga. Enquanto as equipes estavam em diligência na casa do suspeito, ele voltou a admitir que faria o tráfico da droga durante o Carnaval.

O casal foi liberado por falta de indícios concretos de tráfico, mas será submetido à investigação policial do DP de área.

Roubo
Uma jovem de 16 anos foi em companhia de sua mãe à polícia, por volta das 2 horas de domingo (16), registrar ocorrência de roubo de seu celular, que teria ocorrido na noite anterior. A jovem havia chegado em casa visivelmente alterada por alguma substância entorpecente e contando sobre o roubo. No DP ela contou que estava com um grupo de amigos quando um rapaz chamado Wesley a separou do grupo e a roubou. Ainda desorientada, foi levada ao Hospital Universitário (HU), onde foi realizado exame sobre estupro, dando resultado negativo.

Balas de borracha
Guardas municipais precisaram fazer disparos de balas de borracha na avenida União dos Ferroviários para dispersar uma grupo de cerca de oito homens que agrediam com chutes um jovem de 18 anos. Ele contou aos GMs que conversava com algumas mulheres, quando esse grupo de agressores se aproximou dizendo que eram namorados nas mulheres e passaram a agredi-lo. Ninguém foi preso.

Ataque a GMs
Na noite sábado os GMs Volpiani e Danielle orientavam participantes de um bloco de Carnaval, no Centro, que desligassem o som e deixassem o local. O fato ocorreu após o desfile. Enquanto davam as orientações os GMs foram atacados com garrafas e latas de cerveja que por pouco não atingiram em cheio Danielle, sendo salva por seu parceiro. Alguns cacos, porém, acertaram sua cintura. Diante disso Volpiani fez um disparo de bala de borracha a meia altura e numa distância de cerca de 30 metros em direção aos agressores para evitar que jogassem mais garrafas.

Barra funda
Uma vendedora de 24 anos, moradora na Vila Hortolândia, em Jundiaí, procurou a polícia para contar que estava participando de um bloco na Barra Funda, em São Paulo, quando percebeu que sua pochete estava aberta e sem seu celular – que não tinha senha para acessá-lo. Com isso os criminosos conseguiram entrar em sua conta bancária e efetuaram uma compra no valor de R$ 196.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/no-bloco-da-bandidagem-furtos-roubos-trafico-e-balas-de-borracha/
Desenvolvido por CIJUN