Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Nove dias após receber descarga elétrica, funcionário de indústria morre

GERALDO DIAS NETTO | 31/07/2018 | 22:18

Um rapaz de 19 anos morreu no final da noite desta segunda-feira (30) após permanecer internado por pouco mais de uma semana em um hospital de Jundiaí, vítima de acidente de trabalho na CBC Indústrias Pesadas, localizada na rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto, km 68, no bairro do Medeiros. Fabricio Mendes de Brito morava na rua Rafael Gabriel, no Jardim Promeca, em Várzea Paulista. Na empresa, trabalhava como meio oficial e recebeu uma descarga elétrica no último dia 21 ao acessar uma área de cabos energizados, tendo cerca de 70% do corpo queimado.

Ele foi encaminhado ao hospital Pitangueiras, onde permaneceu internado desde então, morrendo às 21h25 desta segunda-feira, conforme noticiou sua irmã, uma fisioterapeuta de 24 anos, também residente em Várzea Paulista. Um representante da empresa também esteve no Plantão para dar detalhes do ocorrido, dizendo que o funcionário não utilizava luvas no momento do acidente. Ele, no entanto, não soube informar se Brito usava outros equipamentos de proteção, como calçado, capacete, uniforme e óculos.

CLIQUE AQUI E VEJA OUTRAS NOTÍCIAS NO PLANTÃO POLICIAL

O caso foi registrado como acidente de trabalho e será investigado pela Polícia Civil. Laudo da perícia deve ajudar na apuração do acidente, que também será analisado por uma equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a Apolo 3 (Gigio e Júlio). Segundo o investigador-chefe Almir de Oliveira, da equipe do delegado Luís Carlos Duarte, a unidade policial quer saber agora a condições de trabalho de outros funcionários na empresa, que produz, entre outros produtos, caldeiras e vasos de pressão.

Choque

No dia 14 de junho passado, outro homem morreu após receber uma descarga elétrica em uma empresa desativada de Jundiaí, no Jardim Pacaembu.  José Roberto dos Santos era morador de rua e foi encontrado no interior de uma cabine de energia. Seu corpo foi encontrado por um segurança, que acionou a Guarda Municipal. Uma equipe da Polícia Civil também foi contatada e esteve no local para acompanhar os trabalhos de peritos do Instituto de Criminalística (IC). Para os investigadores, é provável que o morador de rua tenha entrado na empresa para cometer furto. Santos era natural de Itabaiana, em Sergipe.

T_fabricio mendes


Link original: https://www.jj.com.br/policia/nove-dias-apos-receber-descarga-eletrica-funcionario-de-industria-morre/
Desenvolvido por CIJUN