Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Ocorrências de pichação caem 16% este ano, aponta GM

VINICIUS SCARTON | 25/10/2018 | 14:00

Levantamento da Guarda Municipal de Jundiaí, feito a pedido da reportagem, mostra que houve uma redução de 16% no número de ocorrências de pichação na cidade. Em 2017, de janeiro a junho, foram registradas 19 ocorrências, enquanto que no mesmo período deste ano, foram 16. Mesmo com a queda, moradores e comerciantes da região central de Jundiaí afirmam que não aguentam mais conviver com as fachadas de seus estabelecimentos marcadas por pichações.

Gerente de um estacionamento entre as ruas do Rosário e Coronel Leme da Fonseca, Dorival de Souza Melo atua nesta localidade há 17 anos. “Ao longo deste período, é difícil recorda de algum momento em que o muro permaneceu limpo. Toda vez que pintamos, no dia seguinte ele é pichado, causando poluição visual e prejudicando o ambiente”, desabafa. Dorival também ressalta que as pichações afetam o lado financeiro. “Já perdemos as contas de quanto gastamos com manutenção e tinta. Creio que está faltando mais segurança nesta região da cidade”, comenta.

A gerente de uma loja de calçados no Centro, Maíra Alice Polo, reforça a opinião de Dorival. “As pichações prejudicam demais a imagem dos estabelecimentos e a poluição visual deixa o ambiente horrível”, descreve. Segundo Maíra, a manutenção da fachada do estabelecimento é feita frequentemente. “Mas infelizmente não dura um dia, pois os pichadores seguem agindo e não temos tranquilidade. Está faltando um pouco mais de fiscalização e segurança. principalmente no período noturno”, afirma.

Em resposta, a GM informa que o patrulhamento comunitário na cidade é intensificado diuturnamente, todos os dias, a fim de coibir a violência e a criminalidade, inclusive as pichações que causam danos ao patrimônio público e também aos particulares. Salienta ainda que as equipes que integram a Ronda Escolar Anjos da Guarda e o programa Educação para Não Violência – Grupo de Educação e Prevenção às Drogas (Educavi/Gepad) ministram palestras junto às escolas, igrejas, empresas e instituições dos mais variados segmentos no intuito de levar a cultura de paz, esclarecendo que a pichação está associada ao vandalismo, a poluição visual indiscriminada dos espaços.

A GM lembra que denúncias sobre pichações podem ser feitas pelo telefone 153 (ligação gratuita) e em caso de flagrante o infrator será encaminhado ao Distrito Policial. Vale lembrar que desde o ano passado está em vigor uma lei municipal (8747/2017) que prevê multa para quem for flagrado pichando e determina a responsabilização civil em casos de danos ao patrimônio público.

PICHACAO NA CIDADE

PICHACAO NA CIDADE


Link original: https://www.jj.com.br/policia/ocorrencias-de-pichacao-caem-16-este-ano-aponta-gm/
Desenvolvido por CIJUN