Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Paciente reconhece erro, pede desculpas e diz que não sabia da gravidade

Fábio Estevam | 08/04/2020 | 18:23

Foi capturado na manhã desta quarta-feira (8) na conhecida “cracolândia” entre os bairros Jardim São Camilo e Vila Aparecida, o paciente que fugiu do Hospital São Vicente de Paula (HSV) na noite de terça-feira (7), internado com suspeita de estar infectado com o coronavírus. Claudemir Rodrigues, que é morador de rua, informou aos GMs do projeto Bairro Seguro, do bairro Ponte São João e o capturaram, que ele fugiu por causa da abstinência, por seu usuário de drogas. Ele foi reconduzido ao hospital.

Segundo informações de guardas municipais, mais lúcido por estar há vários dias sem uso de drogas, admitiu o erro e pediu desculpas. Informou que não sabia da gravidade do problema por não ter acesso a notícias de jornais ou internet no dia a dia, ainda mais estando internado. E que por estar com vontade de usar drogas, fugiu sem saber que poderia oferecer perigo às outras pessoas.

Agora internado novamente, não ficará sob escolta. Porém o HSV foi orientado a acionar a Guarda caso ele tente ou fuja novamente. Os GMs, também, foram cientificados a ficarem atentos para uma nova possível fuga.

O caso

O HSV havia elaborado Boletim de Ocorrência na noite de terça informando sobre a evasão do paciente, informando que ele estava internado há 10 dias, levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) com febre alta, tosse significativa e falta de ar. Ele então ficou na enfermaria com uso de antibióticos, sendo testado para coronavírus – o resultado do teste, contudo, ainda não retornou do instituto que faz as análises. Ainda segundo informações do hospital no BO, ele estava com estado estável e até receberia alta naquela oportunidade, mas acabou sendo necessária sua internação, já que os sinais eram muito característicos da doença. Ao hospital ele informou que residia em barracos e na rua.

O hospital informou ainda que na fuga ele saiu usando o colete hospitalar.

A identificação de Claudemir foi possível também graças a um trabalho feito pelos GMs Pierre e Vilson, no final do ano passado, quando eles cadastraram mais de 100 moradores de rua somente na região da Ponte São João. Quando o nome do paciente foi colocado em um grupo de WhatsApp, Pierre olhou no banco de dados e viu que o paciente constava como cadastrado. A foto dele foi enviada aos GMs, que passaram a procurá-lo. Nesta quarta pela manhã diversas viaturas rodavam a região da Ponte São João, inclusive nas imediações da feira livre e pontos de venda de drogas, já que as chances de encontrá-lo seriam maiores.

Por volta das 11 horas o paciente foi localizado na cracolândia. Uma viatura do Samu foi acionada e ele foi novamente levado ao Hospital São Vicente.

O resultado do teste a que ele foi submetido deve sair em breve.


Leia mais sobre | | | |
Link original: https://www.jj.com.br/policia/paciente-que-fugiu-do-hsv-reconhece-erro-pede-desculpas-e-diz-que-nao-sabia-da-gravidade/
Desenvolvido por CIJUN