Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Pedreiro é acusado de estuprar filha por anos

| 21/10/2014 | 22:24

Policiais civis de Louveira prenderam um pedreiro de 44 anos, acusado de abusar sexualmente da própria filha, de 13 anos, desde os seis anos da menina. O homem vinha sendo investigado há alguns meses por policiais da equipe do delegado Ruiter Martins e do investigador-chefe Poli e, nesta terça-feira (21), teve o mandado de prisão temporária cumprido. Agora, deve passar os próximos 30 dias no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

De acordo com policiais do setor de investigações (Poli, Roberto, Paulinho, Marcelo e Rocha), a informação dos supostos abusos contra a jovem foi dada à Delegacia de Louveira pelo Conselho Tutelar local. Outra filha do pedreiro, de cinco anos, também estaria sofrendo violência sexual, possibilidade que está sendo investigada atualmente pela Civil.

Segundo o investigador Roberto, depoimentos constantes no inquérito policial revelaram que, cerca de três anos atrás, a jovem de 13 anos chegou a comentar com a mãe e avó materna sobre os abusos sofridos. Um deles, inclusive, teria sido presenciado por uma prima. “A menina e a prima contaram isso para a mãe e à avó da primeira. Mas apanharam, porque a avó garantiu que aquilo era apenas uma brincadeira do pai”, informou o policial.

Outro caso – Na semana passada, a Polícia Civil de Louveira já havia conseguido na Justiça a prisão temporária do pai de uma criança de cinco anos, apontado como autor de um abuso sexual contra a filha, para quem também teria dado aguardente durante o ato sexual.

Pedreiro de 32 anos, ele confessou ter dado a bebida alcoólica para a filha, alegando tê-lo feito porque ela estava com dor de garganta. Negou, no entanto, o abuso sexual, apesar da afirmação da menina e do resultado do laudo pericial.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/pedreiro-e-acusado-de-estuprar-filha-por-anos/

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido por CIJUN