Polícia

Polícia investiga sumiço de R$ 450 mil em equipamentos de empresa que fechou em Jundiaí

dp
Crédito: Reprodução/Internet
A Polícia Civil de Jundiaí investiga o sumiço de mais de R$ 450 mil em maquinários e outros itens, pertencentes a uma empresa de componentes eletrônicos, em Jundiaí, e que está desativada desde novembro do ano passado, quando o grupo encerrou de suas atividades no Brasil. Os aparelhos estavam guardados no galpão da fábrica, situada no vetor oeste da cidade. O caso foi denunciado à Polícia pelo empresário responsável, através de Boletim de Ocorrência tipificado como furto. O empresário contou que no dia 13 do mês passado, em visita ao galpão, foi surpreendido com a falta de máquinas e outros equipamentos, como uma empilhadeira, servidores, fios de cobre e refrigerador de água. Ainda segundo ele, o prejuízo estimado é de R$ 453.680,63. No conteúdo da denúncia, feita 17 dias depois da constatação do desaparecimento dos bens, ou seja, no dia 30 de julho, ele ressalta sobre a "importância" de informações contidas em um servidor levado. Em conversa com a reportagem, por telefone, o empresário lamentou o ocorrido e disse não ter ainda informações da Polícia sobre investigações. Questionado sobre outras medidas possivelmente tomadas, além do registro da ocorrência, ele pediu que a advogada que o representa fosse consultada para mais detalhes. Ela, contudo, preferiu não se manifestar. A empresa fica na área de competência do 5º DP, no bairro Eloy Chaves. Procurado, o setor de investigações informou que deu início às apurações e que trabalhará com outras possibilidades, além de furto. O objetivo é identificar e prender os responsáveis além, é claro, de recuperar o que foi levado caso ainda seja possível.

Notícias relevantes: