Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Polícia Militar age rápido e detém 2 após roubo de carga de R$ 315 mil

GERALDO DIAS NETTO | 25/10/2018 | 06:01

Ação de policiais militares do 49º Batalhão, com apoio do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), evitou o roubo de uma carga de eletrônicos avaliada em mais de R$ 315 mil de uma rede de lojas de varejo, durante a manhã desta quarta-feira (24), na rodovia dos Bandeirantes, em Jundiaí.

Um adulto, de 18 anos, e um adolescente, de 17, foram detidos. O menor tentou escapar dirigindo uma Saveiro, provocando um acompanhamento por diversos quilômetros. Ele só parou após saltar aproximadamente 10 metros com o veículo, passando em uma valeta, e a Saveiro bater com a frente no chão e ficar inutilizada. Um cerco foi feito até achá-lo escondido em um matagal, em meio à lama, já que chovia no momento da perseguição.

De acordo com a polícia, um terceiro criminoso participou da tentativa de roubo de carga. Trata-se de um morador do Jardim São Camilo, em Jundiaí, conforme delataram os próprios detidos. Ele teve o nome, o apelido e a localização aproximada de sua casa revelados na Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Roubo
De acordo com a PM, informação de uma testemunha ao 190 deu conta do roubo em andamento na rodovia dos Bandeirantes. Segundo o relato, uma Saveiro branca participou da ação criminosa e seguiu o caminhão, que tomou como destino a rodovia Dom Gabriel, sentido Itatiba.

O caminhão acabou sendo localizado na rodovia João Cereser, em frente ao Parque da Cidade, e seus ocupantes foram abordados, sendo que dois deles – ajudante e motorista – eram mantidos como reféns de um bandido, que usava um simulacro de pistola para obrigá-los a obedecê-lo.  Matheus da Silva Pereira, de 18 anos, morador no Jardim São Camilo, foi preso por uma equipe da PM, enquanto outras passaram a procurar a Saveiro, cujo condutor fugiu assim que um cerco foi feito ao caminhão.

Ele já havia sido detido no mês passado, também por assalto, mas não chegou a ficar preso. Por conta disso, decidiu voltar a roubar, sendo mais uma vez preso em curto espaço de tempo. A pena pode roubo pode chegar a 10 anos de reclusão. Já a picape foi achada no bairro Vale Azul, mas o criminoso que a dirigia resolveu escapar a qualquer custo, provocando uma perseguição que durou diversos quilômetros. Ele colocou em risco pedestres e outros motoristas, e abandonou o carro nas proximidades de uma lagoa enquanto fugia pela região do Caxambu e Jundiaí-Mirim.

Mais um cerco precisou ser feito para localizá-lo, até que, após buscas em um matagal com muita lama, ele foi achado pelas equipes (sargento Mamede e soldados Godoy, Vitor, Ramos, Brito, Mercês, Pereira, Gabriel e Maciel) e identificado como sendo um adolescente de 17 anos.

Investigação
A dupla foi levada à DIG, onde o adulto foi autuado em flagrante por roubo de carga, delito pelo qual o menor também irá responder, até o limite do previsto pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Duas equipes “Apolo” (Gigio e Júlio; Tafarello, Roberto e Samuel) foram acionadas para levantar outros possíveis crimes cometidos pelos acusados, descobrindo, em pouco tempo, pelo menos mais quatro vítimas, segundo o investigador-chefe Almir de Oliveira.

O policial explicou que, por determinação do delegado Luís Carlos Duarte, titular da DIG, tais vítimas já foram contatadas para realizar o reconhecimento dos criminosos. Por ter sido o crime cometido com emprego de violência, o menor não foi liberado ao responsável legal. Ele deve permanecer em uma cela especial do Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para aguardar apresentação na Vara da Infância e da Juventude, que pode aplicar como medida socioeducativa internação em unidades de custódia para menores infratores, como a Fundação Casa (antiga Febem).

T_WhatsApp Image 2018-10-24 at 11.58.47


Link original: https://www.jj.com.br/policia/policia-militar-age-rapido-e-detem-2-apos-roubo-de-carga-de-r-315-mil/
Desenvolvido por CIJUN