Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Por ciúme, rapaz mata a esposa a facadas e se entrega à polícia

| 17/10/2014 | 22:04

A auxiliar de limpeza Odei Maria da Silva Faustino, de 40 anos, foi assassinada pelo próprio marido, a golpes de faca, dentro de sua casa, localizada em uma travessa da rua Bastos, no Jardim Tamoio, em Jundiaí, por volta das 2h de ontem. José Faustino Bezerra, 22, ligou para polícia para informar o que havia feito. Ele aguardou a chegada da Polícia Militar para se entregar.

De acordo com relato do rapaz à polícia, a desconfiança de que a companheira o estivesse traindo o fez cometer o crime. Odei foi encontrada caída no chão da residência, toda ensangüentada, ao lado do fogão e de lâminas quebradas de uma faca de cozinha. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegou a ser acionada, mas não havia mais nada o que fazer.

De acordo com o cabo Piovesana, do Corpo de Bombeiros, acreditou-se a princípio que a ligação de um homem afirmando que matara a esposa e esperava para se entregar fosse um trote. “O policiamento de área procurou bastante o local informado pelo solicitante, mas não encontrava. A rua informada, também, não constava no mapa. De tanto insistir é que a casa foi encontrada em uma travessa da rua Bastos, onde a mulher estava realmente morta e o marido aguardava para ser preso”, explicou.

Policiais da equipe Apolo 3 (Júlio e Gigio), da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), estiveram no local e acompanharam os trabalhos de peritos do Instituto de Criminalística (IC). Durante a elaboração do auto de prisão em flagrante, foi informado pela filha da vítima que o companheiro de sua mãe vinha já há algum tempo fazendo ameaças contra ela. José Faustino já registra diversos antecedentes criminais e deve responder agora por homicídio qualificado (por motivo fútil).

Itupeva – Na semana passada, um imóvel no bairro Bela Vista 2, em Itupeva, já havia sido palco de um crime brutal contra uma auxiliar de cozinha de 25 anos. Aline Cristina Ferreira foi encontrada no último dia 9 com ferimentos na cabeça e um sutiã na boca, utilizado provavelmente para que ela asfixiasse ou mesmo não gritasse por ajuda.

Indiciado pelo crime – motivado supostamente por ciúme -, Emerson Alves do Nascimento se relacionava com a jovem havia cerca de três anos. De acordo a polícia, ele roubou um táxi pouco tempo após o crime, afirmando ao taxista que precisava fugir, pois havia matado a companheira.

Ele foi preso no último dia 15 pela Polícia Civil em Piracibaca e, em depoimento, confessou o assassinato, alegando ter flagrado a companheira com outro ao voltar para casa. Aline era mãe de três filhos, incluindo duas gêmeas e um menino de sete anos, frutos de um relacionamento anterior.

Mais informações na edição impressa do Jornal de Jundiaí deste sábado (18) ou faça uma assinatura digital.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/por-ciume-rapaz-mata-a-esposa-a-facadas-e-se-entrega-a-policia/

Os comentários estão desativados.

Desenvolvido por CIJUN