Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Rapaz é preso em Jundiaí por vender cartão irregular da CPTM

GERALDO DIAS NETTO | 08/10/2018 | 21:11

Guardas municipais de Jundiaí, da unidade especializada Canil, prenderam nesta segunda-feira (8) mais um criminoso responsável por vender bilhetes fraudados da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). A detenção ocorreu no Terminal Ferroviário, na avenida dos Ferroviários. Desde o começo do ano, outras ações da GM levaram para trás das grades grupos especializados neste tipo de crime. Em maio, quase 700 bilhetes fraudados foram apreendidos pela corporação, que deteve ainda três homens autuados em flagrante por estelionato.

Na ocasião, cerca de R$ 2 mil em dinheiro e uma máquina de cartão também foram encontros, descobrindo a GM que a quadrilha já fazia isso há diversos dias, oferecendo bilhetes pelo valor de R$ 3,00, quando o normal é R$ 4,00. Tais cartões eram todos originais da CPTM, mas com recargas feitas ilegalmente. Nesta segunda-feira, explicou o inspetor Alceu Marestoni, uma equipe do Canil (Júlio César, Rufino, Tafarello) foi acionada após denúncia de que pessoas faziam uso de drogas nas proximidades da estação. No local indicado, um grupo foi abordado e, entre eles, estava Caio Henrique de Oliveira Carvalho, de 22 anos.

Ao ser revistado, 38 cartões fraudados foram achados em seu poder, além de R$ 212 em dinheiro. Ele também confessou que fazia a venda de passagens no local, ofertando pelo valor mais barato que o oficial, justamente por se tratar de cartões carregados por meio de um programa ilícito. Com auxílio de uma equipe do Apoio Tático (Danilo, Antonio, Pontes) e de outros agentes do Canil (Donola e Patriota), o jovem recebeu voz de prisão em flagrante e foi encaminhado ao 4º DP, na Vila Progresso, onde foi autuado por estelionato. O crime é inafiançável.

T_WhatsApp Image 2018-10-08 at 17.44.10


Link original: https://www.jj.com.br/policia/rapaz-e-preso-em-jundiai-por-vender-cartao-irregular-da-cptm/
Desenvolvido por CIJUN