Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Serviço Secreto dos EUA dá curso a delegados

GERALDO DIAS NETTO - gnetto@jj.com.br | 15/03/2018 | 18:20

Ex-delegado titular de Campo Limpo Paulista e Jarinu, o atual seccional de Casa Branca, Carlos Alberto de Braga Fiuza, participou de um curso dado pelo Serviço Secreto dos Estados Unidos contra fraudes bancárias e contra a moeda norte-americana. Além da jurisdição em áreas que combatem crimes financeiros, o Serviço Secreto dos Estados Unidos atua na proteção do presidente norte-americano e seu vice, assim como de familiares dos chefes de estado e ex-membros do governo federal. Atualmente, é dirigido por Randolph Alles, que assumiu em abril do ano passado.

A iniciativa faz parte de um ciclo de parceria que o governo dos Estados Unidos deseja implementar com a Polícia Federal e algumas delegacias do Estado de São Paulo, incluindo a Seccional de Casa Branca, a 230 km da Capital e responsável pela administração da Polícia Civil dos municípios de Mococa, São José do Rio Pardo, Caconde, Tapiratiba, Tambaú, Santa Cruz das Palmeiras e Itobi. De acordo com o delegado Fiuza, os trabalhos duraram dois dias e também incluíram noções de documentoscopia. “O curso teve como objetivo otimizar as investigações em crimes de lavagem de dinheiro e fraudes bancárias, além de melhorar a questão do entendimento da documentoscopia em relação a moeda norte-americana e documentos de viagens, como passaportes, de modo a evitar fraudes”, explicou.

Considerado um dos delegados mais experientes do Estado de São Paulo, Fiuza foi responsável pelo esclarecimento de diversos crimes quando titular de Campo Limpo Paulista e Jarinu, mandando para trás das grades inúmeros criminosos. Em 2016, recebeu o convite do comando da Polícia Civil para assumir a unidade administrativa de Casa Branca.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/servico-secreto-dos-eua-da-curso-a-delegados/
Desenvolvido por CIJUN