Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Traficante que ganhava R$ 40 por ‘mula’ vendida é preso pelo Apoio Tático

Fábio Estevam | 30/06/2020 | 15:09

Guardas municipais do Apoio Tático prenderam um traficante no início da tarde desta terça-feira (30) em uma biqueira conhecida como Granja, no bairro Jundiaí Mirim, em Jundiaí, com quase 100 porções de maconha já prontas para serem comercializadas. Ele confessou que trabalhava na biqueira há um mês e que ganhava R$ 40 por mula vendida. Mulas são saquinhos fechados contando determinada quantidade de porções. As que ele vendia continham 30 porções, quantidade que varia nos pontos de venda.

A mesma equipe, composta pelos GMs Lima, Jonas, Volpiani e Silas, supervisionados pelo subinspetor Carobeli, apreendeu três horas depois, desta vez no Jardim Tamoio, mais uma grande quantidade de entorpecentes. Nesta ocorrência ninguém foi preso.

Primeiro caso

Os guardas patrulhavam pelo local, no Jundiaí Mirim, com vistas para o tráfico, quando avistaram um homem dentro de um veículo em atitude suspeita. Ao perceber que seria abordado ele abandonou o veículo e saiu correndo carregando uma mochila.

Os GMs desembarcaram e correram por cerca de 50 metros até conseguirem detê-lo. Na bolsa estava toda a droga que seria vendida.

A droga e o criminoso foram levados para o DP para registro da ocorrência e onde o traficante ficou preso.

Segundo caso

Em patrulhamento pelo Jardim Tamoio, a equipe recebeu denúncia de um morador que dizia ter visto um suspeito escondendo uma sacola provavelmente com entorpecentes em uma área de matagal, próximo aos prédios do Residencial Tupi.

No local indicado eles encontraram diversas mulas com lança-perfume, totalizando 600 frascos, além de centenas de embalagens vazias.

A droga foi apresentada e apreendida no 3º DP para registro da ocorrência e posterior investigação da Policia Civil.


Link original: https://www.jj.com.br/policia/traficante-que-ganhava-r-40-por-mula-vendida-e-preso-pelo-apoio-tatico/
Desenvolvido por CIJUN