Jornal de Jundiaí | https://www.jj.com.br

Veja como sua denúncia anônima é importante no combate ao crime em Jundiaí

Fábio Estevam | 06/07/2020 | 15:16

A Guarda Municipal de Jundiaí recebe em média, todos os meses, de 150 a 200 denúncias anônimas feitas por munícipes sobre suspeitas de crimes no município. Ao atenderem aos chamados, os GMs confirmam a veracidade de quase 100% dessas denúncias, segundo dados informados pela Corporação. Para o comandante Benedito Marcos Moreno, os números mostram a eficácia e importância da população em ajudar no combate da criminalidade. A opinião sobre a importância da participação da coletividade também é partilhada por Marcel Fehr, delegado responsável pela Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) de Jundiaí.

De março a maio de 2019 a Central de Operações Táticas (COT) da Guarda recebeu 614 ligações no telefone 153 (emergência) com denúncias anônimas de crimes pela cidade. Dessas, 595 tiveram a veracidade confirmada e o problema foi solucionado com prisões, apreensões e outras formas de combater o delito. No mesmo período deste ano foram recebidas 424 ligações, sendo que em 416 delas as denúncias se confirmaram e os casos foram resolvidos.

As denúncias feitas para a GM e também às policias Militar e Civil são registradas de forma sigilosa. Os operadores do COT e do Centro de Operações da Polícia Militar (Copom), assim como da central de atendimento da Civil encaminham as informações para as equipes de rua, que verificam a denúncia e tomam as providências. “A população pode participar mais, seja para o tráfico ou outros tipos de crimes. É preciso auxiliar a GMJ para que o delito seja evitado e infratores sejam detidos”, comentou Moreno.

 

No caso da Polícia Civil muitas denúncias são feitas diretamente no telefone das delegacias. Marcel Fehr, delegado há mais de 20 anos, disse que toda denúncia anônima é bem-vinda e checada. “Antes de a Polícia Civil desencadear alguma operação, tomamos cautelas para verificar se existe um mínimo de procedência nesse denúncia, fazendo pesquisas sobre as pessoas citadas, local apontado, inclusive para ver se não bastem com alguma investigação nossa em andamento”, disse ele, que completa. “Tomamos precaução para não cometer injustiças, já que algumas pessoas se valem do anonimato para prejudicar outras, seja o ex-cônjuge, concorrentes, ex-patrão, ex-empregado. Então tomamos cautela para ter um mínimo de consistência para irmos a fundo na investigação”, diz Fehr.

Para denuncias ligue 190 (PM), 153 (GM) e 197 (Civil) e 181 (Disque Denúncia).


Link original: https://www.jj.com.br/policia/veja-como-sua-denuncia-anonima-e-importante-no-combate-ao-crime-em-jundiai/
Desenvolvido por CIJUN