Política

Acolhimento para mulheres e mais no Pela Ordem


Márcia Mazzei
Sessão de hoje (15) aprova convênio com Secretaria de Segurança Pública
Crédito: Márcia Mazzei

A Câmara de Jundiaí vota hoje (20) o projeto de lei do prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) que cria o Serviço de Acolhimento Institucional para Mulheres em situação de violência, destinado às vítimas de violência doméstica ou familiar, que receberam graves ameaças ou correm risco de morte, e que vivem no município de Jundiaí. O projeto também garantes estrutura para aquelas mulheres que possuem filhos.

 

Recuo será 'menor que o esperado"

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou ontem (19) que a economia brasileira está em recuperação e o recuo do Produto Interno Bruto (PIB) neste ano será menor do que o esperado inicialmente. "A previsão inicial do FMI e outras instituições financeiras era que o PIB brasileiro cairia quase 10%, ou mais e nós revisamos para 5% a 5,5%, metade da estimativa inicial. E pensamos que vai ser ainda menos", disse.

Presença no pleito será alta

Mesmo com a pandemia da covid-19, o índice de eleitores que dizem que irão votar com certeza nas eleições municipais em novembro é alto e varia de 69% a 87% nas capitais, mostra o Ibope. Em São Paulo, 75% dos eleitores consultados disseram que é certeza que irão votar, e outros 19% ainda estão em dúvida. Pela primeira vez, será possível justificar a ausência pelo celular.

Doria recua sobre vacina

Após anunciar que uma possível vacinação da população de São Paulo contra o coronavírus poderia começar este ano, a gestão João Doria (PSDB) recuou e adotou um tom mais cauteloso, dizendo que ainda não é possível precisar uma data. "As perspectivas são otimistas, mas não podemos dar data precisa de quando isso vai acontecer", declarou o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas.

Russomanno cita Bolsonaro

Na manhã de ontem (19), o candidato à Prefeitura de São Paulo pelo Republicanos, Celso Russomanno, reforçou sua relação com o presidente Jair Bolsonaro como solução para problemas da administração municipal. "Eu tenho amizade com o presidente Bolsonaro desde 1995, amizade particular. Eu o conheço profundamente", disse Russomanno. "Ele é muito bem-vindo no Republicanos."

Audiência pública sobre orçamento

Em 29 de outubro, às 9h, a Câmara de Jundiaí realizará Audiência Pública para discutir o Projeto de Lei nº 13.264, do prefeito municipal, que fixa o Orçamento Público para o exercício de 2021. A Lei Orçamentária Anual (LOA) é o instrumento de planejamento de curto prazo utilizado pelos municípios com objetivo de gerenciar as receitas e despesas públicas em cada exercício financeiro. A audiência será transmitida ao vivo.


Notícias relevantes: