Política

Joe Biden se aproxima da vitória


O democrata Joe Biden está a um estado de confirmar a vitória nas eleições americanas para presidente. Contuo, o candidato pediu calma aos norte-americanos em um breve pronunciamento nesta quinta-feira (5), em Wilmington, no estado de Delaware. Ele disse esperar que a apuração confirme a vitória do Partido Democrata e defendeu que "cada voto precisa ser contado"

Neste ano, a contagem dos votos populares pode ser ainda mais demorada do que o normal por conta do alto número de votos antecipados e por correio. "Não temos dúvida que, quando a contagem terminar, nós seremos vencedores", disse Biden. Antes, o democrata falou rapidamente sobre a crise do novo coronavírus e lamentou as mortes no país.

Enquanto isso, o atual presidente americano, Donald Trump, segue irritado e postou ontem (5) em seu perfil no Twitter uma mensagem defendendo a paralisação da contagem dos votos da eleição americana. "Parem a contagem", pediu ele.

A campanha de Trump apresentou ações judiciais em quatro Estados decisivos - Geórgia, Michigan, Pensilvânia e Wisconsin - para o resultado final da disputa eleitoral deste ano.

Na tarde desta quinta-feira, juízes nos Estados da Geórgia e de Michigan recusaram as ações da campanha republicana. Os republicanos têm reclamado de falta de transparência no processo de contagem das cédulas e denunciam uma tentativa de fraude eleitoral por parte dos democratas, por meio de "votos ilegais" pelo correio. Até o momento, nenhuma comprovação de fraude foi apresentada.

Trump também vai pedir recontagem dos votos em Wisconsin. (Das agências)


Notícias relevantes: