Política

Quatro prefeitos do Aglomerado buscarão a reeleição no dia 15

CAMPANHAS Jundiaí, Campo Limpo Paulista, Itupeva e Jarinu têm os atuais chefes do Executivo com boas chances de conquistar uma nova vitória nas urnas


Divulgação
Ao todo, o Aglomerado Urbano de Jundiaí tem quase 589 mil eleitores aptos a votar no dia 15 de novembro
Crédito: Divulgação

Quatro dos sete prefeitos do Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ) estão no primeiro mandato e irão tentar a reeleição no pleito que acontece no próximo domingo, dia 15 de novembro, quando 588,9 mil eleitores irão às urnas. Luiz Fernando Machado (PSDB), em Jundiaí, Marcão Marchi (PSD), em Itupeva, Roberto Antonio Japim de Andrade (Pros), em Campo Limpo Paulista e Eliane Lorencini Camargo (DEM), em Jarinu, estão focados em suas campanhas para mais quatro anos à frente do Executivo municipal.

Em Várzea Paulista, o atual prefeito Juvenal Rossi (PV) já está em seu segundo mandato e apoia a campanha de seu vice, professor Rodolfo, do PSDB. Em Louveira, Nicolau Finamore Junior (PTB) também já está no seu oitavo ano como prefeito e apoia a eleição do Dr. Helio Braz, do mesmo partido. O mesmo acontece com o atual prefeito de Cabreúva, Henrique Martin (PDT), que tem participado com bastante frequência da campanha se sua sucessora, Rose Rabelo (PSD).

Em busca da reeleição

Luiz Fernando Machado (PSDB), atual prefeito de Jundiaí, afirma que a expectativa para o dia 15 é bastante positiva. "A reeleição é a avaliação dos meus quatro anos de governo. Temos focado em apresentar o trabalho realizado e reafirmar o compromisso de seguir focado em melhorias em todos os setores. Tenho feito campanha em todas as frentes, tanto nas ruas quanto nas redes, realizando lives e reuniões com a população de maneira geral", relata.

Em Campo Limpo Paulista, Dr. Japim diz estar bastante confiante. "Minha campanha está caminhando muito bem. Com apoio de munícipes e, em parceria com meu vice, Prof. Nelson, sabemos que a reeleição está próxima. Tenho saído às ruas e percebo que a população tem visto e compreendido meu trabalho de gestão eficiente", comenta.

O sentimento é parecido em Itupeva, onde Marcão Marchi (PSD) tem boas chances de vitória. "A reeleição é um julgamento, na urna, do que o governante fez ou deixou de fazer na gestão. E, nesse ponto de vista, eu estou tranquilo porque nós fizemos muita coisa na cidade. As expectativas são as melhores, afinal, as eleições refletem a vontade das pessoas e a campanha tem sido muito boa. Eu adoro esse contato com a população, no corpo a corpo, e gosto de ouvir e de conversar com as pessoas, mesmo com as restrições da pandemia", comenta.

Já em Jarinu, Eliane Lorencini Camargo (DEM) diz que a realização da campanha tem sido um pouco mais difícil e diferente da primeira eleição. "Para a reeleição, temos que mostrar aquilo que fizemos ou conseguimos fazer até o momento. A legislação também teve diversas alterações, principalmente na questão da propaganda eleitoral pela Internet, o que de certo modo ajuda, mas também dificulta, porém estamos trabalhando dentro da lei e temos uma expectativa bacana para o dia da eleição", comenta.

Dando adeus ao cargo

Em Várzea Paulista, Juvenal Rossi (PV) já está na segundo mandato e tem trabalhado para eleger seu vice, Professor Rodolfo (PSDB) e dar continuidade ao trabalho. "Estou participando e apoiando o meu vice, o Professor Rodolfo Braga, e não poderia ser diferente, pois até aqui ele teve uma participação efetiva nos dois mandatos, contribuindo para as conquistas e soluções. Ele tem o compromisso de seguir cuidando da nossa cidade, sempre com a prioridade de olhar para as reais necessidades da nossa gente", aponta.

Henrique Martin (PSD), prefeito de Cabreúva, também não pode concorrer novamente e tem participado ativamente da campanha de Rose Rabelo, também do PSD. "A população reconhece meu trabalho e isso a gente sente nas ruas. Estou indo todos os dias com a Rose em caminhadas por todos os cantos da cidade, conversando e ouvindo as pessoas. Nossa campanha está forte e não para de crescer. Rose foi meu braço direito aqui na prefeitura e ela está preparada para levar esse trabalho adiante", afirma.

Outro que não pode se reeleger é Nicolau Finamore (PTB), atual prefeito de Louveira. Ele está apoiando a candidatura de Dr. Helio Braz, do mesmo partido, e não respondeu as perguntas enviadas pelo Jornal de Jundiaí.

 


Notícias relevantes: