Política

Cartórios iniciam distribuição de equipamentos nas escolas

JUNDIAÍ Chefe de um dos cartórios eleitorais do município alerta também para a nova distribuição dos eleitores nas seções


Divulgação
Grande quantidade de álcool em gel e máscaras estão sendo distribuídos nos locais de votação de Jundiaí
Crédito: Divulgação

A necessidade de equipamentos de segurança, como álcool em gel e máscaras, para as eleições municipais deste ano gerou um trabalho extra para os cartórios eleitorais de Jundiaí. O grande número de locais de votação no município gerou um grande volume de materiais para ser distribuído em todos os colégios e faculdades onde serão instaladas as cabines de votação no próximo domingo (15).

O chefe do Cartório Eleitoral da 65ª zona eleitoral, Vasco José Monteiro, diz que esse tem sido o foco de trabalho dos cartórios nesta semana. "Temos muito material para distribuir, principalmente os recipientes de álcool em gel, tudo sempre em grandes quantidades e esta tem sido a nossa maior dificuldade nestes últimos dias", comenta.

Em relação ao dia da votação, Vasco acredita que a pandemia não vai gerar prejuízos como atrasos na apuração ou maior dificuldade no fechamento das urnas eletrônicas. "O tempo de apuração não muda, não deveremos ter atrasos. O que acontecerá pela primeira vez são os protocolos de segurança e principalmente a forma de receber o eleitor. Essa é uma nova realidade com a qual a Justiça Eleitoral teve de se adaptar", complementa.

A Prefeitura de Jundiaí tem auxiliado no trabalho cedendo alguns veículos e motoristas para agilizar no transporte destes equipamentos. "Para cada mesário será disponibilizada meio litro de álcool em gel e máscara. A ideia é ter uma quantidade suficiente para não precisar realizar nenhum tipo de reposição durante as horas de votação", aponta Vasco.

Redistribuição

O chefe do cartório informou ainda que alguns locais de votação realizaram uma nova distribuição dos eleitores por seção, para evitar aglomerações. "O objetivo foi igualar ou pelo menos equilibrar o número de eleitores em cada seção. Os novos locais já podem ser consultados no aplicativo e-Título, e os eleitores também serão orientados no dia do pleito caso não tenham conhecimento da alteração", relata.

Quase 900 mil eleitores paulistas já baixaram nova versão do aplicativo e-Título, forma digital do título de eleitor. O Estado de São Paulo lidera o ranking de downloads de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com 899.872 realizados até esta segunda-feira (9).

Neste ano, a ferramenta apresenta novidades, permitindo aos usuários justificar de forma on-line a ausência nas Eleições 2020, por meio de seus smartphones e tablets. A justificativa deverá ser feita no mesmo dia das eleições e dentro do horário da votação, entre as 7 e as 17 horas. Uma ferramenta de georreferenciamento fará com que seja identificado o local de onde o eleitor acessa o aplicativo, permitindo, assim, o recebimento da justificativa.

O aplicativo também permite ao eleitor consultar o local de votação e seção eleitoral antes de sair para votar. Assim evitam-se transtornos, considerando a diminuição no número de seções e a nova distribiução dos eleitores em todo o estado.


Galeria de Fotos


Notícias relevantes: