Política

Pesquisa falsa em Louveira; veja no Pela Ordem


Antonio Augusto/Ascom/TSE
TSE - Tribunal Superior Eleitoral Urna eletrônica
Crédito: Antonio Augusto/Ascom/TSE

A Justiça Eleitoral determinou a retirada do ar de uma pesquisa fraudulenta envolvendo os candidatos à Prefeitura de Louveira. Divulgada por um jornal local, a pesquisa teria atribuído intenções de voto ao candidato Dr. Hélio Braz (PTB) em patamar não condizente com os dados obtidos pelo pesquisadora. Foi determinado que todas as mídias, digitais e impressas, que continham os dados alterados, fossem recolhidas.

 

Deixar de ser 'país de maricas"

O presidente Jair Bolsonaro afirmou ontem (10) que o Brasil tem que "deixar de ser um país de maricas" e enfrentar a pandemia de covid-19 de "peito aberto". "Tudo agora é pandemia", queixou-se Bolsonaro. "Não adianta fugir disso, fugir da realidade. Tem que deixar de ser um país de maricas. Olha que prato cheio para a imprensa. Prato cheio para urubuzada que está ali atrás", disse.

Senadores pedem explicação

Senadores pediram ontem (10) ao Congresso Nacional que os diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antônio Barra Torres, e do Instituto Butantan, Dimas Covas, expliquem a suspensão dos testes da vacina Coronavac. O Supremo Tribunal Federal também deu à Anvisa 48 horas para explicações. Segundo o Butantan, no entanto, a suspensão é desnecessária.

Prof. Rodolfo sofre fake news

Atual vice-prefeito e candidato à Prefeitura de Várzea Paulista, Prof. Rodolfo (PSDB) realizou ontem (10) um boletim de ocorrência contra "fake news" em que alega ter sido alvo de calúnia e difamação. Moradores de Várzea Paulista afirmaram ter recebido um vídeo com conteúdo questionável sobre Rodolfo. No vídeo, um locutor faz ataques ao candidato a prefeito, falando sobre compra de imóveis de alto valor.

João Doria é deixado de lado

Embora o governador de São Paulo tenha estado ausente nas campanhas dos dois líderes na corrida pela Prefeitura de Campinas, os demais seis candidatos buscam vincular os dois à figura de João Doria (PSDB) de maneira depreciativa. Candidatos à prefeitura nas demais cidades do interior e do litoral de São Paulo, tucanos ou aliados do governador, evitaram exibi-lo até aqui em peças de campanha.

Lei para amparo aos idosos

Na sessão ordinária desta terça-feira (10) da Câmara de Jundiaí, os vereadores de Jundiaí aprovaram em primeiro turno a Proposta de Emenda à Lei Orgânica Municipal que prevê estímulo a medidas de atendimento e amparo aos idosos. Por se tratar de uma alteração na Lei Orgânica, o texto deve passar por mais uma votação. O texto prevê a a construção de novos lares para os idosos.


Notícias relevantes: