Política

Luiz Fernando aumenta vantagem e pode ter vitória já no 1º turno

Jundiaí O atual prefeito busca a reeleição e tem 60,5% dos votos válidos, contra 14,4% do segundo colocado, e pode vencer sem a necessidade de um 2º turno


T_pacojundiaiai
Crédito: Reprodução/Internet

SEGUNDA PESQUISA

Em nova pesquisa realizada nos dias 8 e 9 de novembro pela American Analytics, em parceria com o Jornal de Jundiaí, o atual prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) continua à frente, flertando com uma vitória já no primeiro turno. Ele aumentou sua vantagem em pesquisa estimulada e aparece com 48,4% das intenções de voto, 3,7% a mais do que na semana passada, quanto tinha 44,7%. Se contarmos votos válidos, Luiz Fernando tem 60,5% das intenções de votos.

Em segundo lugar, aparece o ex-prefeito Pedro Bigardi (Rede), que teve apenas 0,1% de variação em relação à pesquisa anterior subindo de 11,4% para 11,5%. O atual vice-prefeito Dr. Pacheco (Podemos) caiu de 7,6% para 6,8%, mas continua na terceira colocação.

Fabio Marcussi (PSB) continua em quarto, com 4% dos votos, 0,5% a mais do que o registrado nos dias 3 e 4 de novembro. A quinta colocada é Márcia Pará (Democracia Cristã), que continua com 2% das intenções de voto.

O sexto colocado é Silas Feitosa (PRTB), que caiu um pouco e foi de 2% para 1,5% dos eleitores consultados. Ele está empatado com Daniela da Câmara (PT) e Marcus Dantas (PSL), sétimo e oitavo colocados com os mesmos 1,5%.

O professor Rafael Purgato (PCdoB) é quem aparece em novo, com 1%, seguido por Cíntia Vanessa (PSOL) e Alexandre Nicola (PDT), ambos com 0,6% das intenções. Edney Duarte Jr., do Novo e Edimarco Silva, do Pros, são os dois últimos com 0,3% cada. Brancos e nulos somam 12,8% e 7,2% ainda não decidiram.

Caso fossem considerados apenas os votos válidos, Luiz Fernando Machado (PSDB) estaria reeleito no primeiro turno, com 60,5%. O segundo colocado, Pedro Bigardi, teria 14,4% e Dr. Pacheco 8,5%. Marcussi tem 5%; Márcia Pará, 2,5%; Silas Feitosa, Daniela da Câmara, Marcus Dantas têm, cada, 1,8% dos votos válidos. Purgato aparece com 1,3%; Cíntia Vanessa e Alexandre Nicola tem 0,8%, cada e Edney Duarte e Edimarco Silva, 0,4%, cada, dos votos válidos.

Foram ouvidos 600 eleitores entre os dias 8 e 9 de novembro em Jundiaí. A margem de erro é de 3,98% e o nível de confiança é 95%. A pesquisa está registrada sob o número SP-07922/2020, no TSE.

 


Notícias relevantes: