Política

Quase 600 mil eleitores escolhem seus representantes na Região

1º turno Após adiamento e inúmeras incertezas, chegou o tão aguardado dia da eleição que teve inúmeras novidades e campanha com distanciamento


Divulgação
Capitais decidem hoje (29) seus prefeitos para os próximos quatro anos
Crédito: Divulgação

Neste domingo (15), das 7h às 17h, quase 600 mil eleitores (588.993) poderão comparecer às urnas para exercer o direito de escolher seus representantes nos poderes Executivo e Legislativo a nível municipal nas sete cidades que compõem o Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ).

Jundiaí é o município com maior número de habitantes aptos a votar. São mais de 314 mil eleitores sendo disputados por 13 candidatos a prefeito e 460 aspirantes a uma das 19 cadeiras de vereador. Com pouco mais de 79 mil eleitores, Várzea Paulista aparece em segundo. Ao todo, são nove candidatos a prefeito e 216 concorrentes para 11 vagas na Câmara Municipal.

Em terceiro, aparece Campo Limpo Paulista, que também tem nove postulantes à prefeitura, e 275 candidatos a vereador disputando o voto de mais de 60 mil eleitores para as 13 cadeiras do Legislativo municipal. Itupeva vem logo em seguida, com 41 mil votantes. Lá, 258 candidatos disputam as 13 vagas para vereador, além de 8 postulantes a prefeito.

Com quase 35 mil eleitores e 13 cadeiras de vereador, Louveira tem seis candidatos à prefeitura e 185 concorrentes à Câmara. Cabreúva tem números parecidos de eleitorado, com 33 mil habitantes aptos a votar. O município tem apenas três opções de candidato a prefeito e 125 concorrem às nove cadeiras de vereador. Jarinu é a cidade com menos habitantes. São quase 25 mil eleitores, seis candidatos a prefeito e 153 concorrentes às 11 cadeiras de vereador.

Mesários

Levantamento feito pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) junto aos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) do país mostra um aumento de 218,88% no número de mesários que se inscreveram voluntariamente ao longo deste ano para trabalhar nas eleições municipais de 2020, quando comparado com os que se cadastraram em 2016 para atuar no pleito daquele ano.

Ao todo, para as Eleições 2020, o TSE computou 958.992 mesários voluntários, tendo 678.126 pessoas cadastradas apenas este ano. O restante faz parte de um banco de dados de voluntários inscritos em outros anos. Em 2016, dos 741.747 pessoas que trabalharam voluntariamente, 212.656 se inscreveram no mesmo ano do pleito. Os demais também faziam parte do banco de dados do TSE.

Os principais destaques foram São Paulo, Paraná e Minas Gerais, que tiveram o maior aumento no número de inscrições de voluntários em números absolutos. No estado de São Paulo, o aumento foi de 77.414 para 182.003 mesários, o equivalente a 135%. Os mesários são nomeados, de preferência, entre os eleitores da própria seção eleitoral. Nos casos de convocação, o cartório eleitoral procura selecionar os diplomados em escola superior, professores e serventuários da Justiça.

Locais de votação

O Estado de São Paulo tem 10.802 locais de votação. Em cada um deles são instaladas seções eleitorais e cada seção corresponde uma urna eletrônica. O cidadão pode consultar o seu local de votação que pode ter sofrido alteração em relação às ultimas eleições, acessando o site do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (www.TRE-SP.jus.br) ou baixando o aplicativo e-Título. Este aplicativo é a versão digital do título de eleitor. Ele traz diversas informações de interesse do cidadão, tais como os números de zona em que está inscrito e a seção onde vota, além do local de votação.


Notícias relevantes: