Política

TSE neutralizou tentativa de ataque a sistemas, diz Barroso

Segundo o ministro, foi feita uma tentativa de múltiplos acessos pela internet com o objetivo de provocar uma sobrecarga no sistema e tira-lo do ar


Entrevista coletiva do ministro Roberto Barroso por videoconferência. Brasília-DF, 26/05/2020 Foto: Roberto Jayme/ASCOM/TSE
Crédito: Reprodução/Internet

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Luís Roberto Barroso, afirmou na tarde de hoje que uma tentativa de ataque aos sistemas do tribunal conseguiu ser neutralizada.

Segundo Barroso, foi feita uma tentativa de múltiplos acessos pela internet aos sistemas do TSE, com o objetivo de provocar uma sobrecarga no sistema e tira-lo do ar. O fato não tem relação com o sistema de votação das urnas eletrônicas, que não operam conectadas à internet.

O presidente do TSE disse que na próxima entrevista, às 20h, poderá dar mais informações sobre o caso, que ainda está sendo apurado. "Sobre a questão do ataque, para falar a verdade, tive conhecimento recente porque aconteceu agora há pouco. Soube que foi neutralizado, que foi esta tentativa de simultaneamente ter uma grande quantidade de pessoas entrando para derrubar o sistema. Isso foi neutralizado pelo TSE com o auxílio das empresas de telefonia", afirmou o ministro.

Ao longo do dia, eleitores relataram instabilidade no aplicativo e-Título do TSE, utilizado para a identificação do eleitor e também para a justificativa de ausência e consulta ao local de votação.

Segundo Barroso, a instabilidade no acesso ao aplicativo foi provocada pelo grande número de acessos e também pelo fato de o TSE ter retirado da rede um dos dois servidores do tribunal.

A desconexão do servidor foi adotada como medida de prevenção a ataques hacker aos sistemas. O TSE decidiu reforçar as medidas de segurança, segundo Barroso, após o ataque ao STJ (Superior Tribunal de Justiça) no início do mês.

"Tiramos um servidor da rede e fizemos o backup de tudo que era importante como garantia de que, se por acaso o sistema de defesa não funcionasse e houve a invasão, nós teríamos um servidor com todas as informações relevantes fora do sistema", disse Barroso.

"Com esse servidor desligado, o servidor remanescente sofreu uma sobrecarga e apresentou uma instabilidade dois, três dias atrás. E esse desligamento do primeiro servidor, em medida significativa, afetou o desempenho ótimo do e-Título", disse o presidente do TSE.

ATAQUE AO STJ

No início do mês, um ataque hacker afetou sistemas do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Segundo a Corte, durante a invasão, dados do STJ foram criptografados, com isso, sessões foram suspensas e o site ficou fora do ar.

O Ministério da Saúde e o governo do Distrito Federal informaram que também sofreram ataques e apresentaram instabilidade.


Notícias relevantes: