Política

Projeto exige 'receitas legíveis'; veja no Pela Ordem


Divulgação
A cerimônia de posse da Câmara de Jundiaí será com portões fechadas no dia 1º de janeiro devido à pandemia
Crédito: Divulgação

A Câmara de Jundiaí segue normalmente seus trabalhos. Na sessão ordinária de hoje (17), entrará em votação um projeto de lei na área da saúde, que prevê a obrigatoriedade de receitas médicas e odontológicas com letra legível, por extenso e em vernáculo (escrita totalmente em português). O texto é de autoria do vereador Arnaldo da Farmácia (DEM). Ele é um dos parlamentares que não conseguiu a reeleição.

 

Sem tempo para comemorar

Um dia após a confirmação de sua reeleição, o prefeito Luiz Fernando Machado (PSDB) já voltou à rotina. Na manhã de ontem (16), ele e seu vice, Gustavo Martinelli (DEM), estiveram no Hospital Universitário, mais precisamente no Ambulatório de Saúde da Mulher, agora, reformado e com novas instalações que recebram investimentos para os mais de 2,5 mil atendimentos feitos por mês.

Barroso pede investigação

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, afirmou ontem (16) que pediu à Polícia Federal a abertura de inquérito para apurar o ataque cibernético aos sistemas da Justiça Eleitoral neste domingo (15), dia do primeiro turno das eleições municipais. O ataque tentou tentar derrubar o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na manhã de domingo (15).

PT e PSDB perdem força municipal

Duas das principais legendas brasileiras tiveram resultados negativos nas eleições municipais de 2020. Tanto o PT quanto o PSDB saíram destas eleições municipais com menos força do que entraram. Pelo lado petista, foram 186 vereadores e 80 prefeituras perdidas. No lado tucano, a situação é ainda pior. O PSDB perdeu 1053 cadeiras de vereador e 308 prefeituras em todo o Brasil.

Renovação em Várzea Paulista

A Câmara de Várzea Paulista passará por uma renovação na próxima legislatura, que começa em janeiro do ano que vem. Dos 11 atuais vereadores, apenas quatro se reelegeram. Dr. Eliseu (PV), Mauro Aparecido (Republicanos), Robertinho De Almeida (PSB), e Luiz Ferreira Hulck (Republicanos) já fazem parte do atual time na Câmara e ganharam a chance de ficar por mais quatro anos no Legislativo municipal.

Boulos busca apoio do PSB

Guilherme Boulos tentou resolver no andar de cima o possível apoio de Márcio França à sua candidatura no segundo turno. O candidato do PSOL ligou direto para o presidente do PSB, Carlos Siqueira. Elegantemente, ele sugeriu ao interlocutor que tratasse a questão com França. Boulos assim o fez, e eles devem conversar ainda hoje (17). França ainda não deicidiu quem vai apoiar.


Notícias relevantes: