Política

Assentos nas casas lotéricas; veja no Pela Ordem


Divulgação
Câmara de Jundiaí
Crédito: Divulgação

Os vereadores votam na manhã de hoje (24), em sessão ordinária, um projeto de lei para a obrigatoriedade de disponibilização de assentos e sistema de senhas nas casas lotéricas para casos de atendimento preferencial. De autoria do vereador Antonio Carlos Albino (PL), o texto inclui idosos, gestantes, pessoas com deficiência e aqueles com criança de colo no atendimento diferenciado.

 

Erundina chama Marta de traidora

A deputada federal Luiza Erundina (PSOL), candidata a vice-prefeita de Guilherme Boulos, em agenda sem ele na zona norte da capital paulista, chamou a ex-prefeita e ex-senadora Marta Suplicy de traidora. Ela apoia a reeleição de Bruno Covas (PSDB). "Marta está apoiando o Covas. Ela traiu o PT, traiu a esquerda e traiu o povo", disse. Erundina ainda ironizou a diferença de recursos da campanha de Covas para a do PSOL.

Vacina chega à fase final

O governo de São Paulo e o Instituto Butantan confirmaram ontem (23) que o estudo clínico da CoronaVac chegou à fase final e os resultados sairão já na primeira semana de dezembro. A previsão é que 46 milhões de doses estejam disponíveis no Brasil até janeiro de 2021. Os resultados serão enviados pelo Comitê Internacional independente na primeira semana de dezembro para que a Anvisa analise o relatório.

Putin pode liberar motorista Robson

Preso há um ano e oito meses na Rússia por entrar no país com um remédio para o sogro do jogador Fernando, o motorista Robson Nascimento de Oliveira, 48, deve ter seu caso resolvido nos próximos dias. Após intervenções de Jair Bolsonaro pedindo a soltura de Oliveira, o presidente russo, Vladimir Putin, sinalizou com a resolução do caso e com a volta do motorista ao Brasil logo após a sentença.

'Explicação cabe a municípios'

O presidente Jair Bolsonaro foi cobrado por apoiadores nas redes sociais sobre o prazo de validade dos testes para identificar o novo coronavírus e responsabilizou estados e municípios pelo eventual desperdício do material. "Todo o material foi enviado para estados e municípios. Se algum estado/munícipio não utilizou deve apresentar seus motivos", afirmou o presidente nesta segunda-feira (22).

Facebook exclui 140 mil conteúdos

O Facebook divulgou nontem (23) que removeu mais de 140 mil conteúdos que violaram as regras da empresa sobre "interferência eleitoral" durante a campanha no primeiro turno no Brasil. Os posts foram deletados na rede social e no Instagram. As publicações excluídas continham informações como tentativas de supressão de votos e informações erradas sobre horários.


Notícias relevantes: