Política

Bolsonaro pede voto em Arthur Lira e acena a caminhoneiros


Alan Santos/PR
Bolsonaro tem trabalhado para eleger Lira na presidência da Câmara
Crédito: Alan Santos/PR

A poucos dias para a eleição da presidência da Câmara dos Deputados para o biênio 2021-2022, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) defendeu a eleição do líder do centrão, deputado federal Arthur Lira (PP-AL), para o comando da Casa Legislativa.

As declarações foram dadas nesta quinta-feira (28) na cidade de Propriá (102 km de Aracaju), onde o presidente participou da cerimônia de abertura para o tráfego da nova ponte sob o rio São Francisco que liga os estados de Sergipe e Alagoas, base eleitoral de Lira.

"Amigos de Sergipe, amigos de Alagoas, se Deus quiser, teremos o segundo homem na linha hierárquica do Brasil, eleito aqui no Nordeste, pela Câmara dos Deputados. O deputado Arthur Lira. Se Deus quiser, [será] o nosso presidente", afirmou o presidente ao encerrar o seu discurso.

Nas últimas semanas, o presidente tem participado diretamente das articulações em torno das candidaturas do deputado Arthur Lira (PP-AL) para a presidência da Câmara e do senador Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para o comando da Casa vizinha. A votação acontece na próxima segunda-feira (1º).

Para tentar eleger Lira, que é um dos líderes do centrão, o Palácio do Planalto tem, desde o final do ano passado, acenado com cargos e emendas e ameaçado retirar de funções na máquina federal indicados políticos de deputados federais de siglas como MDB e DEM.

Bolsonaro também aproveitou o evento para fazer afagos ao chanceler Ernesto Araújo, que o acompanhou na solenidade.

O ministro das Relações Exteriores está pressionado no cargo pro causa de seus embates com a China e os Estados Unidos e pode deixar o cargo em uma provável reforma ministerial.

"Eu sempre digo, se ministro meu for elogiado pela mídia, ele corre o risco de ser demitido. Sem querer generalizar a nossa mídia. Temos bons jornalistas. Mas os figurões da mídia o tempo todo criticam o nosso Ernesto Araújo. O nosso homem que faz as relações públicas com o mundo todo." (FP)


Notícias relevantes: