Política

Desenvolvimento Econômico e Social visam trabalho conjunto


DIVULGAÇÃO
Reunião abordou aspectos do pós-pandemia e da crise financeira
Crédito: DIVULGAÇÃO

Em reunião no Paço Municipal que aconteceu nesta quinta-feira (4), os gestores das Unidades de Gestão de Assistência e Desenvolvimento Social (UGADS), Roberto Araújo, e de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (UGDECT), Cristiano Lopes, definiram os primeiros passos de um plano de trabalho conjunto das duas Unidades.

No encontro, foi abordada a aproximação das duas áreas da Prefeitura de Jundiaí, tendo como ponto principal o momento atual do município e o pós-pandemia, com o aumento do número de desempregados e a necessidade da construção de alternativas ocupacionais para a população afetada pela crise.

Foram também discutidas ações estratégicas relacionadas ao empreendedorismo, capacitação destas pessoas e possíveis legislações municipais que possibilitem um olhar mais social sobre as pessoas neste momento que precisam abrir seu negócio.

"A reunião foi importante para falarmos do momento crítico que atravessamos e que ainda vamos atravessar com o pós-pandemia. É primordial que as duas pastas estejam alinhadas tanto neste momento, quanto neste futuro próximo, seguindo determinação do prefeito Luiz Fernando Machado", explica Cristiano Lopes.

Roberto Araújo ressalta a importância do trabalho conjunto entre as duas pastas. "O encontro é extremamente significativo para falar de ações concretas de políticas transformadoras. Será de fundamental importância planejarmos estratégias promotoras de geração de renda, trabalho e emprego, e, com a participação de outros segmentos da sociedade, tais como a iniciativa privada e organizações do campo educacional", explica.

Os dois gestores discutiram ainda projetos em relação à inserção dos jovens ao mercado de trabalho, das mulheres vítimas de violência, projetos estes que serão construídos com o Sebrae.

Foi abordado também a necessidade da elaboração de um diagnóstico empresarial para saber onde cada empresa da cidade gostaria de aportar recursos através de projetos incentivados, além da necessidade da profissionalização do terceiro setor.


Notícias relevantes: