Política

Defesa de Lula não usará mensagens


A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) decidiu não utilizar as mensagens de procuradores da Lava Jato na ação no STF em que acusa o ex-juiz federal Sergio Moro de ser parcial. "Nossa avaliação, neste momento, é que já existe prova mais do que suficiente nos autos para o reconhecimento da suspeição do ex-juiz Sergio Moro", disse o advogado de Lula.


Notícias relevantes: