Política

PT e PSDB dominam comissões


A Câmara Municipal de São Paulo realizou, nesta quinta-feira (11), seu primeiro dia de votações e elegeu os presidentes das comissões temáticas. Das sete comissões temáticas permanentes, PSDB e PT ficaram presidirão duas cada um.

Ainda ontem (11), também foi feita a primeira votação da prorrogação do auxílio emergencial municipal, no valor de R$ 100. A ideia é que o benefício seja pago por mais três meses. Com apoio do governo e oposição, a medida deve ser aprovada.

A Câmara elegeu os presidentes das sete comissões, em acordo que respeitou a proporcionalidade das bancadas.

Os presidentes têm papel estratégico nas comissões, podendo convocar audiências públicas e controlando a pauta das reuniões.

Partido do prefeito Bruno Covas, o PSDB presidirá as comissões de Justiça, com Carlos Bezerra Jr., e de Administração Pública, com Gilson Barreto.

Já o PT presidirá as comissões de Finanças, com Jair Tatto, e Transportes, com Senival Moura -vereador que é próximo do setor de cooperativas de transporte.

Além das duas legendas, Paulo Frange (PTB) presidirá uma das principais comissões neste ano, a de Política Urbana. Por lá, será analisada a revisão do Plano Diretor, conjunto de regras que define o crescimento da cidade. Frange já atuava na comissão quando o atual Plano Diretor foi aprovado, em 2014.

Eliseu Gabriel (PSB), que é professor da USP, presidirá a comissão de Educação. Felipe Becari (PSD) será o único novato a presidente uma comissão, a de Saúde. Ele é policial civil e youtuber defensor da causa animal.

Apesar de ter seis vereadores, uma das maiores bancadas, o PSOL não presidirá comissão alguma. (FP)


Notícias relevantes: