Política

Witzel vira réu e segue afastado


A Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça (STJ) aprovou por unanimidade, nesta quinta-feira (11), o recebimento da denúncia contra Wilson Witzel (PSC). O governador afastado do Rio de Janeiro agora é réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Os ministros também votaram pelo afastamento de Witzel do cargo por mais um ano, prorrogando a sentença anterior de 180 dias.


Notícias relevantes: