Política

Alesp terá de cortar cargos


A Justiça de São Paulo mandou a Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp) cortar mais de mil cargos comissionados, ou seja, funcionários de livre nomeação escolhidos por meio de indicação política. O juiz Evandro Carlos de Oliveira, da 7ª Vara da Fazenda Pública, determinou que a Casa adote a paridade, ou seja, tenha apenas um cargo comissionado para cada efetivo.


Notícias relevantes: