Política

Fachin anula condenações do ex-presidente Lula na Lava Jato em Curitiba

Assim, o petista retoma os direitos políticos e pode se candidatar nas próximas eleições, em 2022


Former Brazilian President Luiz Inacio Lula da Silva speaks at the metallurgical trade union while the Brazilian court decides on his appeal against a corruption conviction, in Sao Bernardo do Campo
Crédito: Reprodução/Internet

O ministro Edson Fachin, do STF (Supremo Tribunal Federal), determinou nesta segunda-feira (8) a anulação de todas as condenações proferidas contra o ex-presidente Lula pela 13ª Vara Federal da Justiça Federal de Curitiba, responsável pela Lava Jato.

Assim, o petista retoma os direitos políticos e pode se candidatar nas próximas eleições, em 2022.

Lula tinha sido condenado em duas ações penais, por corrupção e lavagem, nos casos do tríplex de Guarujá (SP) e do sítio de Atibaia.

Por causa da sentença do tríplex, o ex-presidente ficou preso por um ano e sete meses, entre 2018 e 2019, e não pôde disputar a última eleição presidencial, barrado pela Lei da Ficha Limpa.


Notícias relevantes: