Política

Perseguição é criminalizada


O Senado aprovou, em sessão remota nesta terça-feira (9), por 74 votos a 0, o projeto que inclui no Código Penal o crime de perseguição, que consiste em seguir alguém reiteradamente e por qualquer meio, ameaçando a integridade física ou psicológica da vítima ou invadindo sua liberdade ou privacidade. O texto tipifica a prática conhecida como "stalking" e define pena de reclusão de seis meses a dois anos.


Notícias relevantes: