Política

Flordelis chora e diz ser inocente


A deputada Flordelis (PSD-RJ) se disse inocente e chorou ontem (16), ao fazer a própria defesa em uma reunião do Conselho de Ética da Câmara. A parlamentar negou as acusações de que tenha mandado matar o marido, o pastor Anderson do Carmo. Flordelis responde pela acusação criminal na Justiça do Rio de Janeiro e, no Conselho de Ética, é alvo de uma representação por quebra de decoro.


Notícias relevantes: