Política

Recursos de Flávio rejeitados


Após anular a quebra de sigilos bancário e fiscal, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) decidiu nesta terça-feira (16) preservar um dos principais conjuntos de provas das apurações sobre o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) no caso das "rachadinhas". Por 3 votos a 2, a Quinta Turma da corte considerou regular o compartilhamentos de dados do Coaf (Conselho de Controle das Atividades Financeiras) com o MP-RJ.


Notícias relevantes: